Descontrole; vídeo – Influencer invade loja, destrói itens e causa prejuízo de R$ 25 mil

36 0
Do: MidiaNews
Caso aconteceu em Primavera do Leste; ela e dois familiares foram presos após registro de B.O.
A câmera de monitoramento da confeitaria filmou a ação da influencer

Uma influencer de Primavera do Leste, identificada como Maria Eduarda Ximenes, de 21 anos, foi filmada invadindo e depredando uma confeitaria no Município. Ela deixou um prejuízo de R$ 25 mil, segundo o proprietário.

O caso aconteceu na segunda-feira (3). Maria Eduarda, que tem 26,3 mil seguidores no Instagram, e dois familiares foram presos pela Polícia Civil.

Segundo o proprietário do estabelecimento, Bernardo Tonkiel, a jovem realizou um pedido e, após a entrega, ela teria alegado que faltava um item.

Assim, de acordo com o empresário, foi oferecido a ela para que o item ausente fosse enviado, porém a influencer teria recusado e começou a ameaçá-lo, conforme o relato de Tonkiel.

“Ela começou a ameaçar, dizendo que iria até a loja, que a gente acabou tratando ela de uma forma que ela não gostou. Ela falou o nome dela, né? Que não tinha como alguém fazer aquilo com ela”, disse o empresário em entrevista ao TV Cidade Verde.

“[Que] Ela iria até a loja, começou a ameaçar dizendo que tinha algumas conversas comigo. Dizendo que tinha algumas mensagens e que ela iria postar essas mensagens. Acabou até mesmo mandando um áudio para mim, fazendo ameaças”.

Cumprindo o que disse, a jovem apareceu na loja pouco depois, mas foi afastada pela presença da Polícia, acionada por Bernardo.

Apesar disso, ela voltou algumas horas depois, e munida com uma pedra, invadiu a confeitaria. Pelo vídeo é possível ver que ela arremessa a pedra contra o mostruário, e não satisfeita bate várias vezes no vidro.

Em seguida, ela pega o notebook e uma tela de computador e os arremessa ao chão. Assustado, Bernardo se abrigou nos fundos da loja enquanto a mulher destruía sua confeitaria.

“Fora o tempo que a gente ficou fechado, a loja não conseguiu atender os clientes, não conseguiu cumprir contratos. Então, a gente está sofrendo até agora. A gente não conseguiu retornar à nossa atividade normal”, disse Bernardo.

Após o empresário registrar um boletim de ocorrência na delegacia de Polícia Civil, Maria Eduarda e dois parentes acabaram detidos durante a abordagem.

Segundo o delegado Allan Vitor Souza Mata, uma familiar foi autuada por resistência, sendo liberada após pagamento de fiança. Já o outro parente da influencer foi autuado por desacato e solto depois de registro de boletim de ocorrência.

“Ela foi autuada pelos crimes de ameaça, injúria, dano qualificado – em razão de ter causado um expressivo prejuízo à vítima […]. Cometeu o crime de injúria majorado, por ter se utilizado das redes sociais, e no momento da abordagem ela desobedeceu a ordem dos policiais civis”, conclui Mata.

Assista ao vídeo abaixo: