Nove pessoas são presas durante operação que investiga grupo que aplicava golpes pela internet em MT

74 0
Por g1 MT
Durante as buscas a polícia apreendeu cigarros contrabandeados — Foto: Polícia Civil

Nove pessoas foram presas pela Polícia Civil durante a Operação Falso Amigo, realizada nesta terça-feira (23), em Cuiabá e Várzea Grande, região metropolitana da capital. Foram cumpridos também 12 mandados de busca e apreensão, um sequestro de veículo, além de 9 pessoas alvo de bloqueios. O grupo aplicava o golpe do “falso perfil”.

De acordo com a polícia, esses bloqueios atingiram 71 contas bancárias de integrantes da organização criminosa. Durante o cumprimento dos mandados de busca, foram apreendidos ainda cigarros contrabandeados.

A polícia informou que o grupo criminoso era especializada em crime de estelionato eletrônico, na modalidade “perfil falso”, realizado por meio de um aplicativo de mensagens. Neste tipo de fraude, parte do grupo se passa por parente ou pessoa próxima das vítimas, usando fotografias deles e se identificando falsamente para solicitam valores em dinheiro.

Foram cumpridos também outros 12 mandados de busca  — Foto: Polícia Civil
Foram cumpridos também outros 12 mandados de busca — Foto: Polícia Civil

As vítimas, pensando se tratarem de parentes ou de amigos próximos, são enganados pela versão contada pelo golpista e acabam realizando transferência de valores para as contas indicadas por eles.

Segundo a polícia, a organização criminosa era estruturada em quatro núcleos distintos, dentre eles:

  • Os que fornecem suas contas bancárias para o recebimento das transferências realizadas pelas vítimas;
  • Os que são responsáveis pela arrecadação dos valores obtidos com as fraudes;
  • Aqueles que fazem contatos telefônicos com as vítimas, aplicando o falso perfil;
  • Por último, os líderes da organização criminosa, os quais ostentam viagens, bens e vida luxuosa às custas das infrações penais praticadas pelo grupo.