Campo Verde sediará etapa do Ultramacho em julho

164 0
De: Prefeitura Municipal de Campo Verde

Uma das mais tradicionais competições esportivas de Mato Grosso, o Ultramacho será realizado em Campo Verde nos dias 29 e 30 de julho, como parte das comemorações do aniversário de 35 anos do Município.

Na manhã desta sexta-feira, Maria Rita Uemura e Tomie Uemura, organizadores do Ultramacho, reuniram-se com o prefeito Alexandre Lopes de Oliveira e com o secretário de Cultura, Lazer e Esporte Clemilson Carvalho, para discutirem os detalhes da competição.

De acordo com Maria Rita, no dia 29 (sábado), será disputada a maratona de mountain bike. A largada será em frente ao Parque das Araras, às 6h30, de onde os participantes seguirão por trilhas, passando pela comunidade histórica de Capim Branco e retornando ao ponto de partida. Haverá também cicloturismo, sem caráter competitivo.

No domingo (30) será realizada uma corrida por trilhas, com dois percursos, um com 6 e outro com 12 quilômetros. A expectativa é que o evento reúna em torno de 1 mil participantes de várias cidades de Mato Grosso.

“Eu sempre falo da importância dessas atividades, que, além do momento, deixa um legado para o município”, ressaltou o prefeito Alexandre Lopes de Oliveira.

O gestor destacou o trabalho dos organizadores no planejamento das provas, que terão como prioridade, o respeito ao meio ambiente, e a oportunidade que o evento proporcionará para que os participantes conheçam um pouco mais sobre Campo Verde.

“Além do evento esportivo, propriamente dito, ele vem sempre rodeado de questões turísticas, históricas e isso faz com que o munícipio tenha uma integração esportiva, mas ao mesmo tempo cultural”, enfatizou Alexandre. “Estamos muito entusiasmado para fazer a melhor prova possível”, ressaltou ele.

O prefeito destacou também a interferência positiva na economia do município que será proporcionada com a realização do Ultramacho. “Uma etapa como essa, uma prova como essa, não só mexe com as questões turísticas e esportivas, mas também com toda a nossa base econômica”, disse o prefeito.

A realização da etapa do Ultramacho movimenta toda uma cadeia de negócios como hotelaria, alimentação, confecções e combustível. “Além de oferecer o evento, você também mexe com a nossa base econômica, com a nossa economia”, ressaltou o prefeito.

Maria Rita Tomie, uma das responsáveis pela organização da prova, disse que a realização do Ultramacho em Campo Verde vem sendo discutida há mais de dois anos e que sua realização acabou sendo prejudicada em anos anteriores devido à Covid-19, mas que agora, ao ser apresentada novamente, foi prontamente aceita pelo prefeito Alexandre Lopes de Oliveira e pelo secretário de Cultura, Lazer e Esporte Clemilson Carvalho. “O Ultramacho é um evento que depende muito dessa parceria”, destacou ela.