Caminhoneiro que morreu carbonizado tentava realizar manobra de ultrapassagem na BR-163

55 0
Do: Olhar Direto
Foto: Edição / Olhar Direto

O caminhoneiro que morreu carbonizado neste sábado (29) no quilômetro 879, da BR-163, foi identificado como Jair do Amaral, de 62 anos. O acidente, que envolveu uma carreta modelo Iveco/Eurotech, onde estava a vítima, uma carreta Scania R500, um caminhão e uma Fiat Toro, aconteceu após Jair tentar realizar uma manobra de ultrapassagem.

De acordo com a Polícia Civil, o motorista da Scania seguia sentido à cidade de Itaúba, quando Jair, que vinha logo atrás, tentou uma ultrapassagem. A vítima, porém, acabou invadindo a pista contrária e colidiu com um caminhão e a lateral do Fiat Toro.

A carreta de Jair pegou fogo imediatamente após a colisão. A vítima não conseguiu deixar o veículo e morreu carbonizada. Os passageiros e o condutor do caminhão foram encaminhados a uma unidade hospitalar de Sinop, onde receberam atendimento médico.

O corpo de Jair foi encaminhado ao Instituto Médico Legal após os trabalhos da perícia. Os veículos envolvidos no acidente ficaram sob responsabilidade da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para os procedimentos cabíveis.