Operação da PF termina com apreensão de mais de R$ 2,1 milhões de garimpo ilegal em Terra Indígena em MT

170 0
Por g1 MT
PF termina operação com apreensão de mais de R$ 2,1 milhões com desmonte de garimpo ilegal — Foto: PF/MT

A “Operação Alfeu VIII” deflagrada pela Polícia Federal em conjunto com a “Operação Ágata” do Exército, foi encerrada nesta sexta-feira (2), e resultou na apreensão de mais de R$ 2,1 milhões pelo desmonte de três garimpos ilegais dentro da Terra Indígena Sararé, em Vila Bela da Santíssima Trindade, a 562 km de Cuiabá.

A ação buscou reprimir os crimes ambientais de extração ilegal de ouro e usurpação de bens da União, desocupar áreas atingidas pelos garimpeiros, e apreender maquinários e destruir equipamentos usados na atividade ilegal.

A PF ainda busca identificar os financiadores do garimpo ilegal, além de descapitalizar toda a organização criminosa que, ao atuar dentro da Terra Indígena, causaram danos ambientais irreversíveis, segundo a polícia.

PF desmonta três garimpos ilegais em Terra Indígena — Foto: PF/MT
PF desmonta três garimpos ilegais em Terra Indígena — Foto: PF/MT
Balanço completo da operação

Garimpo do Sararé:

  • 2 Pás Carregadeiras – 1,6 milhão;
  • 7 motores estacionários – 140 mil;
  • 3 geradores – 6 mil
  • 500lt de diesel – 2,5 mil
  • Total: R$ 1.785.000,00

 

Garimpo da Mineradora:

  • 11 motores elétricos e geradores – 100 mil
  • 18 britateiras elétricas – 20 mil
  • 500 lt de diesel – 1,7 mil
  • Total: R$ 121.700,00

 

Garimpo da Tirolesa:

  • 5 motores a gasolina – 100 mil
  • 5 geradores – 10mil
  • Total: R$ 110.000,00