Câmeras aumentam a segurança na Praça dos Três Poderes

74 0
De: Prefeitura Municipal de Campo Verde

Um dos locais com grande presença de frequentadores, especialmente nos finais de semana, que aproveitam os amplos espaços verdes para relaxar, caminhar e se divertirem, a Praça dos Três Poderes, em Campo Verde, teve a segurança reforçada com a instalação de cinco câmeras de monitoramento eletrônico.

Instalados em um ponto estratégico, os equipamentos permitem a visualização total da Praça. O monitoramento é feito por quatro câmeras fixas e uma speed dome, com visão de 360 graus.

Campo Verde, é um dos municípios de Mato Grosso mais monitorados eletronicamente, em relação ao número de habitantes. O Projeto Muralha Digital, conta com 98 câmeras fixas, 14 speed dome e 10 com leitor OCR, que faz o reconhecimento de caracteres, de face e de cor, instaladas em pontos estratégicos da cidade. Há também outras 70 câmeras de moradores que são interligadas ao sistema.

Com cerca de 50 mil habitantes, o município conta com uma câmera para cada grupo de 409,8 moradores levando-se em conta apenas os aparelhos que pertencem ao Município. Somando-se às dos moradores, a proporção é de uma câmera para cada 260,4 moradores.

O sistema de monitoramento implantado em Campo Verde é referência para outras cidades de Mato Grosso e também para os órgãos de segurança estadual. Há pouco menos de um mês, representantes da Administração Municipal de Sorriso estiveram em Campo Verde conhecendo o modelo de segurança eletrônico. A ideia é que o município do Médio-Norte mato-grossense implante um sistema semelhante.

Em dezembro, o ex-superintendente da PRF em Mato Grosso, Francisco Élcio Lucena, acompanhado pela diretora executiva do Conselho Municipal de Segurança de Campo Novo do Parecis, Viviane Brasil, visitou Campo Verde e elogiou os investimentos feitos pelo Município do sistema de monitoramento eletrônico.

“A forma como estão sendo compartilhados esses investimentos é uma receita de sucesso”, enfatizou o superintendente. “Isso vai trazer uma vigilância muito maior do que seria apenas local. Eu acredito que investir em tecnologia é positivo, mas, especialmente, compartilhar informação é o futuro, para que possamos ter eficiência na entrega dos nossos serviços”, ressaltou. “Que essa iniciativa seja adotada pelos outros 140 municípios. Isso trará um benefício fundamental para a segurança pública do nosso estado”, completou ele.

Na ocasião, o superintende da PRF enfatizou ainda que os investimentos feitos pela Administração Municipal voltados à segurança pública proporcionaram uma redução dos acidentes com mortes na Serra de São Vicente em 70% e fizeram com que o número de roubos diminuísse e as apreensões de drogas aumentassem.

Ele também destacou que as imagens geradas pelo sistema de segurança de Campo Verde e compartilhadas com os órgãos de segurança pública federais ou estaduais, e também com outros municípios, têm resultado em prisões e apreensões de entorpecentes em Mato Grosso e em outros estados por permitir o rastreamento dos envolvidos.