Preso que estava entre os 14 foragidos de penitenciária morre em confronto com a polícia durante captura em MT

52 0
Por g1 MT
A foto em destaque é do fugitivo Weste Junio, que morreu no confronto com a PM. Outros 13 presos fugiram — Foto: Sesp

Um dos 14 presos que fugiram da Penitenciária Regional Major Zuzi Alves da Silva, em Água Boa, a 736 km de Cuiabá, no último dia 3, foi morto durante confronto com a Polícia Militar nessa quarta-feira (12).

Os fugitivos cavaram um túnel subterrâneo para a fuga. Até essa quinta-feira (13), três foram recapturados e um morreu. A polícia ainda busca dez fugitivos.

De acordo com a Polícia Militar, equipe de Força Tática Araguaia recebeu denúncia de que um dos fugitivos estaria às margens da BR-158, próximo à uma fazenda onde dois dias antes teria ocorrido uma tentativa de roubo.

Túnel por onde os detentos fugiram — Foto: Polícia Civil
Túnel por onde os detentos fugiram — Foto: Polícia Civil

A equipe foi até o local e, durante o patrulhamento, encontrou Weste Junio Nunes Gama, de 34 anos, caminhando às margens da rodovia. Durante a abordagem, o preso, que estava armado, atirou contra a equipe, que revidou com disparos.

Ainda de acordo com as informações, foi prestado o socorro a até o hospital municipal da cidade de Canarana, porém ele não resistiu e teve o óbito confirmado pela equipe médica.

Buscas

Foram disponibilizados cerca de 100 policiais militares para atuarem na operação de recaptura dos foragidos.

Três dos 14 foragidos foram recuperados pela polícia  — Foto: Reprodução
Três dos 14 foragidos foram recuperados pela polícia — Foto: Reprodução

Na segunda-feira (10), três deles foram recapturados por policiais penais.

Segundo o tenente coronel da Polícia Militar Wendel Sodré, eles estavam nas proximidades de uma fazenda em Canarana, a cerca de 100 km de distância de de Água Boa.

Fuga

Os agentes penitenciários que trabalham na unidade souberam da fuga durante a manhã do dia 3. Foi feita uma varredura no local, mas nenhum dos suspeitos foi localizado.

O túnel usado para a fuga, segundo a Ses-MT, foi cavado no raio azul da ala 1, saindo do banho de sol para fora da galeria, chegando até a área da muralha.

Aeronave do Ciopaer está no local para ajudar nas buscas  — Foto: Reprodução
Aeronave do Ciopaer está no local para ajudar nas buscas — Foto: Reprodução

A suspeita é que, após a saída pela passagem escondida, os presidiários fugiram para uma região de mata ao redor do presidio. A saída da unidade dá acesso à BR-158, onde Weste foi localizado.

Horas antes da fuga

Conforme um boletim de ocorrência registrado pela Polícia Penal, os presos fizeram um motim enquanto estavam no banho de sol.

De acordo com a Polícia Civil, os presidiários estavam batendo na grade do banho de sol e ameaçando os servidores. Foi dada ordem de recolhimento para celas, mas a ordem não foi obedecida.

Em seguida, segunda a polícia, foi necessário o uso de força moderada para sanar o motim.

Durante a confusão, um dos reeducandos foi atingido por disparo de arma menos letal (tiro de borracha) na perna e, em seguida, encaminhado para atendimento médico no Hospital Regional de Água Boa.