Suspeito de estupro e feminicídio há 12 anos é preso e condenado a 25 anos de prisão em MT

115 0
Por g1 MT
Imagem ilustrativa

Um homem de 34 anos investigado por estupro e por um feminicídio, ocorrido em 2011, em Cáceres, a 220 km de Cuiabá, foi condenado pela Justiça, na semana passada, a mais de 25 anos de prisão. O suspeito estava foragido há mais de 10 anos e foi preso pela Polícia Civil, no último dia 10 de maio, em Santa Catarina, em investigações realizadas pela Gerência Estadual de Polinter e Capturas.

O réu foi encaminhado ao Tribunal do Juri da Comarca de Cáceres, onde foi condenado pelos crimes de estupro e homicídio qualificado – majorado pelas qualificadoras – com recurso que dificultou a defesa da vítima e meio insidioso ou cruel.

De acordo com a Polícia Civil, o crime ocorreu na noite de 11 de fevereiro de 2011. Benedita de Paula Nunes, de 27 anos, foi morta dentro de casa, no Bairro Vila Real, em Cáceres. A vítima foi violentamente agredida, espancada e violentada sexualmente com requintes de crueldade, encontrada no dia seguinte, despida, com várias lesões pelo corpo.

O autor do crime passou dez anos foragido da Justiça. Familiares da vítima procuraram a Gerência Estadual de Polinter e Capturas de Cuiabá, ocasião em que os policiais do Núcleo de Inteligência iniciaram o trabalho de investigação.

Segundo a polícia, novas informações foram apuradas pela Polinter, até se chegar ao paradeiro do procurado que foi localizado e preso no Sul do país. O procurado foi localizado no litoral do estado, em uma região de praia de Balneário Camboriú.

A polícia apurou que ele trabalhava como vendedor ambulante e por vezes era visto frequentando praias de nudismo da região.