MORTA NA FRENTE DE CASA – TJ manda soltar empresário suspeito pela morte da ex em MT

103 0
Do: MidiaNews
Antenor Alberto de Matos Salomão, 51 anos, estava preso desde o dia 6 de fevereiro em Rondonópolis
Leidiane Souza (detalhe) foi morta quando saía de casa para ir ao trabalho

A Justiça acatou o habeas corpus e determinou a soltura de Antenor Alberto de Matos Salomão, de 51 anos, suspeito de assassinar sua ex-amante, a bancária Leidiane Souza Lima, de 34 anos, em janeiro deste ano em Rondonópolis.

O documento foi assinado pelo desembargador Pedro Sakamoto. O caso segue em segredo de justiça.

Antenor, que responde pelo crime de homicídio qualificado por feminicídio, estava preso na Penitenciária Regional Major Eldo de Sá Corrêa, em Rondonópolis, desde o dia 6 de fevereiro.

Segundo a Polícia Civil, no dia 27 de janeiro deste ano, por volta das 7h30, Leidiane saía de casa para o trabalho, no Bairro São Jorge, quando ao se aproximar de seu veículo foi surpreendida por um homem de capacete.

Ele fez vários disparos contra a vítima, inclusive após ela já estar caída. A bancária morreu no local.

O empresário manteve um relacionamento amoroso com a vítima, com quem teve uma filha, hoje com três anos.

 

Crime premeditado

A Polícia Civil diz que o crime foi minuciosamente premeditado pelo empresário.

A motivação para o homicídio, conforme apurou a Polícia Civil, decorreu do fato de que o executor ainda teria sentimento amoroso pela vítima e não teria sido correspondido, além de ambos estarem em litígio em relação à guarda judicial da filha.

As investigações para apuração do homicídio qualificado contaram com o apoio do Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional de Rondonópolis.