Corpo de vítima torturada antes de morrer é encontrado em avançado estado de decomposição

258 0
Do: Olhar Direto

A Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC-MT) localizou na terça-feira (30) um corpo em estado avançado de decomposição, na zona rural de Primavera do Leste (235 km de Cuiabá). Os policiais acreditam que o corpo pode ser de Everton Henrique Machado, de 28 anos, que foi agredido e torturado depois de participar de uma festa. A vítima seguia desaparecida há 12 dias.

O homem estava desaparecido desde o dia 20 de junho, quando foi a uma festa em um local próximo ao lixão da cidade. A mãe da vítima procurou a Polícia Civil e relatou o desaparecimento do filho, depois de tentar contato por diversas vezes com ele. A Divisão de Homicídios iniciou as investigações e coletou indícios da participação de dois suspeitos no crime.

Conforme a investigação da Delegacia de Primavera do Leste, na madrugada de 20 de junho, a vítima teria sido agredida por pessoas que estavam na festa e levada em um veículo para uma casa, onde foi torturada e morta e depois foi desovado na região do Rio das Mortes.

Após diligências baseadas nas informações já coletadas na investigação, a equipe policial chegou ao local onde o corpo teria sido desovado. O corpo foi encontrado em uma área rural, a 23 quilômetros da cidade, próximo à ponte nova do Rio das Mortes.

Dois acusados presos

Na segunda-feira (28.06) uma equipe da Divisão de Homicídios da Delegacia de Primavera do Leste cumpriu os mandados de prisão contra dois rapazes, de 20 e 21 anos, investigados pelo homicídio, sequestro, tortura e ocultação de cadáver de Everton.

Com apoio da Delegacia Regional, os investigadores conseguiram identificar e apreender com um dos suspeitos, o veículo utilizado no crime. A perícia realizada no veículo e em roupas apontaram a presença de sangue humano compatível com o da vítima.

O corpo passará por perícia da Politec para a confirmação da identidade.