Justiça anula condenação de policial pela morte de tenente do Bope e determina novo julgamento em MT

93 0
Por g1 MT
Carlos Henrique Scheifer foi morto em 2017 — Foto: Divulgação

A Justiça anulou a condenação do cabo da Polícia Militar Lucélio Gomes Jacinto, acusado de matar o tenente do Batalhão de Operações Especiais (Bope), Carlos Henrique Paschiotto Scheifer, em maio de 2017, em Matupá, a 696 km de Cuiabá. A decisão é da primeira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), que entendeu que a pena não foi devidamente fundamentada e determinou um novo julgamento.

Em março do ano passado, Lucélio foi condenado a 20 anos de prisão, após nove horas de julgamento. No entanto, a defesa dele entrou na Justiça questionando a dosimetria da pena, que é o cálculo feito para definir qual a pena será imposta a uma pessoa por causa de um crime.