Polícia fecha clínicas clandestinas em Campos de Júlio (MT)

127 0
Por g1 MT
Segundo a polícia, foi constatado que o estabelecimento não prestava atendimento médico satisfatório e não contava com equipe técnica multidisciplinar. — Foto: Reprodução

A Polícia Civil fechou clínicas clandestinas que tratavam pessoas com transtornos mentais, em situação de vulnerabilidade, internadas em condições precárias, com violação dos direitos humanos. Uma mulher de 33 anos foi presa. A ação ocorreu na manhã dessa quarta-feira (10), em Campos de Julio, a 692 km de Cuiabá.

Segundo a polícia, foram identificadas sete pessoas em situação de extrema vulnerabilidade, que moravam em condições insalubres, em dois endereços, que não atendiam os requisitos para a internação.

Ainda de acordo com a polícia, foi constatado que o estabelecimento não prestava atendimento médico satisfatório e não contava com equipe técnica multidisciplinar.

A ação de interdição recebeu apoio da Vigilância Sanitária de Campos de Júlio e do Ministério Publico.

Ação ocorreu na manhã desta quarta (10) — Foto: Reprodução
Ação ocorreu na manhã desta quarta (10) — Foto: Reprodução