Novo episódio – Vinicius Junior foi vítima de dez casos de racismo e ódio desde 2021

216 0
Denúncias dos nove episódios anteriores foram arquivadas ou seguem em curso nos tribunais
Da FolhaPress
Vinicius Junior foi vítima de dez casos de racismo e ódio desde 2021 – Gabriela Biló/Folhapress

Vinicius Junior foi vítima de dez episódios de racismo e ódio desde 2021. Ontem, durante a partida entre Valencia x Real Madrid, pelo Campeonato Espanhol, aconteceu novamente.

As denúncias dos nove episódios anteriores foram arquivadas ou seguem em curso nos tribunais. Nenhum dos clubes envolvidos sofreu medidas disciplinares desportivas. O levantamento é do jornal espanhol As.

 

Os episódios racistas que Vini Jr sofreu na Espanha

 

Barcelona x Real Madrid (24 de outubro de 2021)

Torcedores do Barça chamaram Vini Jr de ‘macaco’ nas arquibancadas do Camp Nou. La Liga apresentou uma denúncia à Fiscalía de Odio de Barcelona, mas o caso foi arquivado após as autoridades policiais não conseguirem identificar os racistas.

 

Mallorca x Real Madrid (14 de março de 2022)

Desde a chegada ao estádio do Mallorca, foi possível ouvir torcedores imitando sons de macacos para se referirem ao brasileiro. A La Liga apresentou uma denuncia à Fiscalía de Odio de Baleares, mas o caso foi arquivado pelo seguinte motivo: “a expressão e os sons proferidos, indiscutivelmente característicos de atitudes profanas e desprezíveis, ao mesmo tempo vexatórias e absolutamente rejeitáveis, não parecem inicialmente abarcar, para o presente caso [sons de macaco], a dimensão penal pública que se postula”.

 

Atlético de Madri x Real Madri (18 de setembro de 2022)

Torcedores do Atlético de Madri que cantavam e bebiam nos arredores do estádio Civitas Metropolitano, antes do clássico contra o Real Madrid, pelo Campeonato Espanhol, usaram um cântico racista para chamar Vinicius Junior de macaco —o jovem brasileiro já tinha sido alvo de um comentário racista de um empresário em um programa da TV espanhola naquela semana.

Os racistas cantaram: “Eres un mono, Vinicius eres un mono”. Em tradução livre significa: “Você é um macaco, Vinicius você é um macaco”.

La Liga apresentou denúncia à Fiscalía de Odio de Madrid, mas o caso foi arquivado com outra justificativa: “Não há ato específico a imputar a determinada pessoa e, uma vez contextualizadas as injúrias de cunho racista, não constituiriam crime contra a dignidade da pessoa. E isso pelo fato de serem desagradáveis, inoportunos e desrespeitosos, pois foram derramados por ocasião da celebração de uma partida de futebol de máxima rivalidade, com outras alusões pejorativas ou zombeteiras marcadas por aquela competição esportiva, juntamente com sua natureza de que não se repetiram além dos dois atos expostos e que duraram alguns segundos”.

 

Valladolid x Real Madrid (30 de dezembro de 2022)

Torcedores do time de Ronaldo Fenômeno chamaram Vini Jr de ‘negro de merd*’. Após esse episódio, a La Liga mudou a estratégia e fez uma denuncia em três frentes: Comissão Antiviolência, Comitê de Competição e diretamente no Tribunal nº 4 de Valladolid.

O processo penal foi instaurado após a identificação dos responsáveis pelos insultos. O Valladolid, por sua vez, abriu um processo contra onze torcedores identificados, aplicando seu regulamento interno e retirando seus ingressos de temporada.

 

Prévia de Real Madrid x Atlético de Madri, Copa do Rei (26 de janeiro de 2023)

Um grupo de ultras do Atlético de Madri simulou o enforcamento de um boneco com a camisa de Vinicius Junior.

O boneco foi pendurado em uma ponte próxima ao centro de treinamento do Real Madrid com uma faixa com a frase: “Madri odeia o Real”.

A LaLiga apresentou uma denúncia ao Tribunal de Instrução nº 28 de Madri. Eles ainda tentam identificar os responsáveis.

 

Mallorca x Real Madrid (5 de fevereiro de 2023)

Vinicius Junior ouviu das arquibancadas do estádio: “Vinicius, macaco. Você é um p*** macaco”.

O autor do insulto foi identificado, e o Mallorca o proibiu de entrar no estádio por três anos. Vini prestou depoimento contra o torcedor.

Além disso, a Comissão Anti-Violência propôs uma sanção para o referido torcedor com uma multa de 4.000 euros e um período de 12 meses de proibição de acesso às instalações esportivas.

 

Osasuna x Real Madrid (18 de fevereiro de 2023)

Vinicius Junior ouviu insultos racistas e de ódio das arquibancada do estádio El Sadar. O episódio foi denunciado nos tribunais de instrução de Pamplona, mas o racista ainda não foi identificado.

 

Bétis x Real Madrid (5 de março de 2023)

Vini Jr foi chamado de macaco nas arquibancada do estádio Benito Villamarín. Uma denúncia foi apresentada no tribunal investigativo de Sevilha após identificarem os autores dos insultos.

 

Barcelona x Real Madrid (19 de março de 2023)

Mais uma vez no Camp Nou, Vini Jr ouviu das arquibancadas gritos de ‘macaco’ e ‘morra’. O caso foi denunciado nos tribunais de investigação de Barcelona, mas sem nenhum desdobramento até agora.