Homem suspeito de matar a ex-mulher por ciúmes na frente dos quatro filhos é preso pela polícia em MT

123 0
Por g1 MT
Pamela Cristina Nogueira da Silva Oliveira, de 30 anos, foi morta a facadas pelo ex-marido — Foto: Reprodução

Um homem é suspeito de matar a ex-mulher dele Pamela Cristina Nogueira da Silva Oliveira, de 30 anos, na frente dos quatro filhos dela, nesse domingo (21), em Araputanga, a 371 km de Cuiabá. Segundo a Polícia Civil, ele confessou que havia premeditado o crime por ciúmes da vítima. Ele foi preso horas depois na MT-339, em São José dos Quatro Marcos, a quase 30 km de Araputanga, após ter fugido do local.

De acordo com a Polícia Militar, as equipes foram acionadas por Pamela após o ex-marido estar em frente a casa dela. Ela já possuía uma medida protetiva contra o suspeito.

Ao chegar no local, a polícia disse que não encontrou Pamela e nem o suspeito. As equipes fizeram rondas e foram avisados por moradores do local que havia uma mulher em uma casa ferida com golpes de faca.

Depois do crime, o ex-marido fugiu do local e foi encontrado em uma rodovia em MT — Foto: Reprodução
Depois do crime, o ex-marido fugiu do local e foi encontrado em uma rodovia em MT — Foto: Reprodução

De acordo com a polícia, havia várias pessoas na avenida em frente a casa, e em seguida, os filhos de Pamela disseram que o pai teria matado a sua mãe. A vítima foi encontra ainda com sinais vitais e foi encaminhada ao hospital.

Os quatro filhos da vítima, todos menores de idade, foram deixados aos cuidados de uma familiar. Segundo a polícia, Pamela chegou no hospital sem vida. Após o crime, o homem fugiu do local.

Horas depois, a polícia realizava um patrulhamento pela MT-339 e encontrou um homem com as mesmas características do autor. A equipe deu ordem de parada ao suspeito que fugiu, e tempo depois, parou em uma avenida.

Faca utilizada no crime — Foto: Reprodução
Faca utilizada no crime — Foto: Reprodução

Com ele, foram encontradas três munições, dois celulares e uma faca. A polícia verificou que o suspeito possuía um mandado de prisão em aberto e confirmou que o suspeito se tratava do autor do feminicídio. Ele foi encaminhado para a delegacia.

De acordo com a polícia, ele confessou que havia premeditado o crime e que estava com ciúmes da ex-mulher.