Presidente da ALMT pede licença de 121 dias e secretário de Saúde deve assumir vaga

84 0
Por g1 MT
Eduardo Botelho — Foto: ALMT

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado Eduardo Botelho (DEM), decidiu se licenciar do cargo por 121 dias.

Botelho informou que deverá se ausentar para tratamento de saúde, pois passará por duas cirurgias, uma do estômago e outra para melhorar a visão.

A vaga deixada pelo parlamentar deve ser ocupada pelo primeiro suplente da coligação, o secretário de estado de Saúde, Gilberto Figueiredo (União).

Gilberto foi candidato ao cargo de deputado estadual nas eleições de 2022. Ele foi eleito com pouco mais de 28 mil votos .

A 1ª vice-presidente, deputada Janaina Riva (MDB), assumirá a presidência da Casa de Leis, a partir da próxima segunda-feira (17).