Polícia Civil abre investigação após denúncia sobre vazamento de fotos de Marília Mendonça em MG

263 0
Por g1 Minas — Belo Horizonte
Marília Mendonça morreu em novembro de 2021 — Foto: Arquivo g1

A denúncia sobre um suposto vazamento de fotos do laudo de necropsia da cantora Marília Mendonça motivou a abertura de um procedimento administrativo da Polícia Civil de Minas Gerais. A instituição quer descobrir como as imagens se tornaram públicas.

De acordo com a PCMG, o sistema onde ficam armazenados os documentos é auditável e será possível identificar os acessos ao documento.

A notícia sobre o vazamento foi divulgada por meio de um posicionamento da assessoria da cantora.

Conforme a assessoria, a mãe da cantora, dona Ruth Dias, preferiu não se manifestar com relação ao assunto. Ela apenas pediu respeito.

“Tenham respeito e empatia e que entendam que há uma família que sofre toda vez que situações assim ocorrem”, pediu a mãe de Marília, segundo assessoria.

O advogado que representa a família, Robson Cunha, disse que ficou indignado com o material divulgado e disse que é “inconcebível que documentos exclusivos de um inquérito policial que corre em sigilo e com restrições de acessos tenham sido divulgados de forma irresponsável, desumana e criminosa”.

Ele disse ainda que, desde a morte da cantora, trabalhou incansavelmente para que esse tipo de situação não acontecesse. O advogado falou ainda que o Estado é o responsável pela guarda e proteção dessas informações.

“Isso é um fato gravíssimo e tanto o Estado quanto os agentes que divulgaram a imagem devem ser responsabilizados. Informo ainda que aqueles que divulgam e continuam a repassar esse tipo de conteúdo estão incorrendo também em crime e podem ser responsabilizados judicialmente”, falou.

“Peço que as pessoas se sensibilizem com a dor e sofrimento dessa família e não façam a divulgação desse material”, completou o advogado, em nota.

A Polícia Civil informou que “não coaduna com esses acontecimentos e assegura que a ação está sendo apurada para esclarecimentos e responsabilização dos envolvidos”.

Morte de Marília

Marília morreu no dia 5 de novembro de 2021, em um acidente aéreo em Caratinga (MG). Além dela, também foram vítimas o tio e assessor da cantora, Abicieli Silveira, o produtor Henrique Bonfim, o piloto e o copiloto do avião.

O velório de Marília e do tio aconteceu no Ginásio Goiânia Arena no dia seguinte ao acidente. Houve muita comoção de fãs, familiares e cantores famosos, entre eles, Henrique e Juliano, Maiara e Maraisa e Jorge e Mateus.

Maiara e Maraísa e Henrique e Juliano em cima do carro dos bombeiros para cortejo do corpo de Marília Mendonça Goiânia Goiás — Foto: Reprodução/TV Globo
Maiara e Maraísa e Henrique e Juliano em cima do carro dos bombeiros para cortejo do corpo de Marília Mendonça Goiânia Goiás — Foto: Reprodução/TV Globo

A partida da eterna rainha da sofrência aconteceu de surpresa e deixou todos abalados. Mãe dela, Ruth Dias, passou mal ao saber da notícia e foi amparada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Dias após a morte, Maraisa perdeu momentaneamente a vontade de cantar. Alok desabafou sobre a profunda tristeza que o episódio lhe causou. Gusttavo Lima se emocionou ao lembrar dela durante um show.

Maiara e Maraisa publicam homenagem a Marília Mendonça Goiás — Foto: Reprodução/Instagram
Maiara e Maraisa publicam homenagem a Marília Mendonça Goiás — Foto: Reprodução/Instagram