IBGE envia mais de 170 recenseadores de outros estados para atingir a meta de registro do Censo em MT

91 0
Por g1 MT
Recenseadores do IBGE vestem colete com identificação — Foto: Chico Escolano/EPTV

Para atingir a meta dos 95% da população recenseada em Mato Grosso, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) enviou 175 recenseadores das unidades de Minas Gerais e de Goiás para o estado para tentar concluir o registro do Censo Demográfico no estado.

O reforço de servidores enviado ao estado foram distribuídos em Cuiabá, Rondonópolis, Várzea Grande, Sorriso, Água Boa e Barra do Garças.

De acordo com o Instituto, todas as cidades do Brasil não podem ultrapassar 5% de não resposta, com justificativas de recusa ou domicílios com morador ausente. Na estimativa populacional de 2021, 94,6% da população foi recenseada.

A etapa de coleta de dados para o Censo do IBGE terminou, oficialmente, no dia 25 de fevereiro, mas o trabalho continua nas cidades que não atingiram a meta de 95% da população recenseada.

Em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, uma força tarefa foi montada na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) para buscar quem ainda não respondeu ao questionário. Até agora, 93% dos habitantes do município responderam ao Censo. Conforme o IBGE, para que a meta seja alcançada na cidade, é necessário que 1,8 mil questionários sejam respondidos.

Disque-Censo

As pessoas que ainda não responderam ao questionário podem agendar a visita do recenseador por meio dos telefones: 137 e o 0800 7218181.

Para que o domicílio seja contado na pesquisa, é necessário que apenas uma pessoa da casa seja entrevistada.