Cães resgatados por maus-tratos com suspeito de envolvimento em decapitação de onças em MT estão sem lar

72 0
Por Suelen Alencar, Centro América FM
Imagem mostra momento em que suspeito é detido com cães em maus-tratos — Foto: Cedida

Os quatro cães resgatados pela Polícia Civil com o homem suspeito de maus-tratos contra animais e investigado por suposto envolvimento no crime contra duas onças decapitadas, continuam sem lar. Os cachorros, da raça Americano, estão no Batalhão da Policia Militar Ambiental em Cáceres, a 220 km de Cuiabá, desde sábado (1°).

A Polícia Civil informou que o dono só consegue pegar os cães de volta por meio de autorização judicial.

Enquanto isso, segundo a Delegacia Especializada do Meio Ambiente (DEMA), a equipe está em contato com associações para dar o tratamento e moradia apropriada para os cães.

De acordo com a Prefeitura de Cáceres, o município não tem Centro de Zoonoses e, por isso, não pode ficar com os animais.

Os cães foram vistos na carroceria de uma caminhonete conduzida por um homem de 59 anos investigado por envolvimento no caso das onças-pintadas. Segundo a polícia, eles apresentavam machucados e estavam amarrados de maneira indevida para transporte.

O suspeito foi liberado após audiência de custódia, nesse domingo (2).