Escolas públicas de Campo Verde, no Mato Grosso, recebem o “Caminhão Meus Hábitos Saudáveis”

76 0
Além de Campo Verde, a itinerância patrocinada pelo Bayer vai passar por mais 4 cidades, em 4 estados.
Assessoria

No dia 20 de março, a cidade de Campo Verde, MT, recebe a itinerância do “Caminhão Meus Hábitos Saudáveis”, incentivando a mudança de hábitos entre crianças e jovens da rede pública de ensino. Além destas cidades, o caminhão percorrerá mais 4 cidades, em 4 estados. A itinerância conta com o patrocínio do Bayer e é organizado pela Ecotransforma e NTICS Projetos.

O caminhão contará com seis estações que serão montadas no formato de circuito. Cada aluno receberá um passaporte com informações sobre as atividades. O circuito tem a duração de 1 hora e cerca de 10 mil alunos serão diretamente impactados ao final da itinerância promovida pela Bayer.

A primeira estação será montada dentro do caminhão, com atividades práticas e muito conteúdo sobre hábitos saudáveis. Guiados por monitores capacitados, os alunos receberão informações sobre os benefícios de assumirem hábitos saudáveis, diariamente. As atividades dentro do caminhão contemplam: painel de escrita, pirâmide alimentar magnética, jogo do sabor e a realidade virtual, que mostrará o caminho do alimento no corpo humano.

O circuito continua fora do caminhão com outras 5 estações, sendo: jogo interativo sobre a identificação de alimentos nutritivos, escada alimentar sobre a digestão do corpo humano, a relação dos alimentos com cada órgão, atividade física para liberar a endorfina e orientar sobre o benefício da prática de atividades físicas. A atividade é encerrada com uma peça teatral com objetivo de apresentar tudo o que os alunos aprenderam no circuito em uma história lúdica.

O projeto também oferece um workshop de capacitação para que os professores possam trabalhar a prática de hábitos saudáveis nas escolas e, principalmente, envolver os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que poderá ser usado pelos professores durante todo o ano letivo. “Se queremos promover a regeneração do planeta, temos que formar multiplicadores”, diz Abílio Martins, Diretor de Operações.

Para mais informações acesse o site : https://meushabitossaudaveis.com.br/

 

Sobre o Bayer

A Bayer é uma empresa global com competências essenciais nas áreas de ciências da vida, saúde e nutrição. Seus produtos e serviços são projetados para ajudar as pessoas e o planeta a prosperarem, apoiando os esforços para superar os principais desafios apresentados por uma população global em crescimento e envelhecimento.

A Bayer está comprometida em impulsionar o desenvolvimento sustentável e gerar um impacto positivo em seus negócios. Ao mesmo tempo, o Grupo pretende aumentar o seu poder de ganho e criar valor através da inovação e do crescimento. A marca Bayer representa confiança, confiabilidade e qualidade em todo o mundo. No ano fiscal de 2021, o Grupo empregou cerca de 100.000 pessoas e teve vendas de 32.96 bilhões de euros. As despesas de P&D antes de itens especiais totalizaram 4.4 bilhões de euros.

Para obter mais informações, acesse o site da Bayer: https://www.bayer.com.br/pt/

 

Sobre a NTICS Projetos

A NTICS Projetos atua há mais de 20 anos promovendo o desenvolvimento sustentável através de projetos e soluções inovadoras. Desde sua fundação, a empresa já desenvolveu mais de mil projetos, impactando diretamente cerca de 10 milhões de pessoas.

Com matriz no Brasil e filiais nos Estados Unidos e Europa, há três anos, a NTICS Projetos se tornou signatária do Pacto Global da ONU (Organização das Nações Unidas), e desde então tem direcionado sua estratégia, alinhando todos os seus projetos aos ODS.

A atuação da NTICS Projetos no Brasil tem como prioridade quatro dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: ODS 4 (Educação de Qualidade), ODS 8 (Trabalho Decente e Crescimento Econômico), ODS 12 (Consumo e Produção Responsáveis) e ODS 17 (Parceiras e Meios de Implantação). A ambição para os ODS 4 da empresa é a de levar projetos inovadores e sustentáveis para 3,7 milhões de crianças e adolescentes (10% dos alunos matriculados no ensino público do Brasil) até 2025.