Apoiador de Lula que matou bolsonarista em briga de bar em Jaciara não possui registro de arma de fogo

106 0
Por g1 MT
Valter Fernando da Silva, de 36 anos, foi morto em frente a um bar, em Jaciara (MT). — Foto: Reprodução

Edno de Abadia Borges, 60 anos, suspeito de matar Valter Fernando da Silva, de 36 anos, após uma discussão política em um bar em Jaciara, a 142 km de Cuiabá, não possui registro de porte e posse de arma de fogo, segundo a Polícia Civil. O crime aconteceu nesse domingo (19). Edno é apoiador do atual presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Valter apoiava Jair Bolsonaro.

O suspeito do assassinato ainda não foi localizado pela polícia.

De acordo com o delegado da Polícia Civil, José Ramon Leite, Edno não possui registro de porte e nem posse de arma de fogo e estava em situação ilegal. A polícia informou que, até o momento, a arma utilizada para praticar o crime ainda não foi localizada.