Mato Grosso é o estado que mais queimou em 2022, diz pesquisa

104 0
Por g1 MT

Mato Grosso é o estado que mais queimou entre janeiro e dezembro de 2022. Segundo dados do Monitor do Fogo do MapBiomas, divulgados nesta terça-feira (31), foram registrados mais de 3,5 milhões de hectares devastados. Em comparação com o mesmo período de 2021, a área incendiada aumentou 7%.

Desses 3,5 milhões, 1,2 milhões foram queimados em áreas de florestas. Outros 1,2 milhões foram registrados em formações naturais.

Queimadas destroem fauna e flora no Pantanal — Foto: Mayke Toscano/Secom-MT
Queimadas destroem fauna e flora no Pantanal — Foto: Mayke Toscano/Secom-MT

Segundo a pesquisa, setembro foi o mês em que o estado teve o maior número de queimadas, com quase 1,4 milhões de hectares. Depois, os maiores registros foram feitos em agosto, com 650 mil hectares e outubro, com cerca de 600 mil.

Já o menor registro, foi feito no mês de dezembro, com 19.325 hectares queimados. Nos 12 meses de 2022, Mato Grosso superou o registro de queimadas de 2021 em oito meses.

 

Municípios que mais queimaram
Jacaré morto é visto ao lado da Transpantaneira em Mato Grosso, no dia 14 de setembro, em meio a área queimada do Pantanal — Foto: Mauro Pimentel/AFP
Jacaré morto é visto ao lado da Transpantaneira em Mato Grosso, no dia 14 de setembro, em meio a área queimada do Pantanal — Foto: Mauro Pimentel/AFP

De acordo com o Monitor do Fogo, o Ribeirão Cascalheira (MT) lidera o ranking dos municípios que tiveram a maior área queimada. Foram mais de 225 mil hectares incendiados em 2022. Em relação ao ano passado, houve um aumento de 37% na área queimada no município.

Em segundo no ranking aparecem os municípios de São Félix do Araguaia (MT) e Cocalinho (MT).

Confira a lista dos 10 municípios que mais queimaram em 2022:

  1. Ribeirão Cascalheira – 225 mil
  2. São Félix do Araguaia – 180 mil
  3. Cocalinho – 176 mil
  4. Tangará da Serra – 156 mil
  5. Campinápolis – 151 mil
  6. Colniza – 139 mil
  7. Novo Santo Antônio – 136 mil
  8. Luciara – 133 mil
  9. Nova Nazaré – 129 mil
  10. Paranatinga – 116 mil
Números nacionais

No Brasil, 16,3 milhões de hectares foram queimados entre janeiro e dezembro de 2022, uma área equivalente ao estado do Acre. Esse número representa um crescimento de 14% em relação a 2021.