Importunação – Homem é preso por acariciar e ameaçar amiga de sua filha

79 0
Do:: MidiaNews
Caso aconteceu no Município de Juara; Justiça decretou sua prisão preventiva
Policiais civis de Juara cumpriram a ordem de prisão

Um homem suspeito de importunação sexual praticado contra uma amiga da sua filha teve o mandado de prisão preventiva cumprido pela Polícia Civil, nesta sexta-feira (27), em ação da Delegacia de Juara (709 km a Médio-Norte de Cuiabá).

O suspeito, de 43 anos, chegou a ser preso em flagrante por assediar a adolescente de 14 anos, mas após ser colocado em liberdade passou a ameaçar a vítima.

O crime ocorreu no dia 20 de janeiro, quando a menor de 14 anos, foi agarrada pelo suspeito, que começou a acariciá-la e disse que era para ela ir à casa dele mais tarde, quando ele estivesse sozinho. O suspeito ainda chegou a oferecer dinheiro para que a adolescente aceitasse o encontrado.

Após tomar conhecimento dos fatos, a Polícia Militar realizou a prisão em flagrante do suspeito, que foi conduzido à Delegacia de Juara, onde depois de ser interrogado, foi autuado em flagrante pelo crime de importunação sexual, sem direito a fiança. O suspeito foi colocado à disposição da Justiça, sendo colocado em liberdade em audiência de custódia.

No dia 24 de janeiro, a adolescente compareceu à Delegacia de Juara, onde em depoimento quis apresentar nova versão dos fatos, dizendo que mentiu e que havia inventado o abuso. Os policiais desconfiaram da atitude da vítima e mediante muita conversa, ela revelou que além de ter sido importunada, tanto ela quanto o pai estavam sendo ameaçados pelo suspeito.

O delegado Bruno Palmiro então pediu a prisão preventiva do suspeito, que foi deferida pela Justiça e cumprida na manhã desta sexta-feira (27), pelos policiais da Delegacia de Juara.

“O investigado, que praticou o abuso contra a amiga da sua própria filha, foi indiciado em inquérito policial pelo crime de importunação sexual e coação no curso do processo”, disse o delegado.

Representei pela prisão preventiva e ontem saiu o mandado. Hoje pela manhã policiais de juara lograram êxito em prender o suspeito, que foi indiciado por importunação sexual, e coação no curso do processo, artigo 344, ambos do Código Penal.