Hospital Municipal recebe doação do Grupo Princesa

179 0
De: Prefeitura Municipal de Campo Verde

O Hospital Municipal Coração de Jesus, de Campo Verde, recebeu na tarde desta quarta-feira, uma doação no valor de R$ 20 mil feita pelo Grupo Princesa, empresa que atua há mais de 20 anos no município.

O valor é referente ao prêmio concedido pela BASF à Algodoeira Princesa e faz parte do Projeto de Integridade e Controle Tecnológico (ICT), desenvolvido pela multinacional e que premia empresas que utilizam apenas produtos e sementes originais e certificadas.

Viúva do fundador do Grupo Princesa, Dirceu Pinhati Mendes, Maria Francisca Rasquiera Mendes disse que o repasse feito ao HMCJ foi uma forma de homenagear o empresário, que faleceu em 2018 depois de lutar contra um câncer.

“No passado, o Dirceu já tinha escolhido [o HMCJ para repassar doações], então ele comoveu muito os nossos corações pela atitude e a gente continuou fazendo essa parte que ele fazia, de doações. Ele sempre foi uma pessoa dessa forma [benemérito]. E essa doação é porque a gente sabe a necessidade do Hospital”, disse Maria Francisca.

“A BASF fica imensamente feliz em poder proporcionar -através do Grupo Princesa, que é parceiro há tantos anos e que está com a gente garantido a sustentabilidade das tecnologias-, em fazer esse bem para o Hospital Coração de Jesus de Campo Verde”, disse a gerente do Projeto ICT, Catiusse Reis.

Litana Grasiela dos Santos Alves, presidente do Conselho de Administração do Instituto Social de Saúde São Lucas disse que o momento era de agradecimento, enfatizando que o valor recebido será revertido na aquisição de equipamentos e insumos hospitalares que serão utilizados no atendimento à população.

“Com parte desse recurso, por exemplo, nós faremos a aquisição de um aparelho de laserterapia para tratamento de longo, curto e médio prazo a nossos pacientes com feridas. Então, para nós [os recursos] são de suma importância para que a gente possa trabalhar junto ao Sistema Único de Saúde com atendimento totalmente gratuito. É muito gratificante poder fazer parte desse momento”, frisou.

A secretária municipal de Saúde e vice-prefeita de Campo Verde, Edna Queiros da Silva, destacou a atitude dos proprietários da Algodoeira Princesa, que, ressaltou ela, tiverem um olhar humanizado e de reconhecimento para com a saúde do município. “Toda ajuda é bem-vinda”, disse ela. “E eles tiveram um olhar de agradecimento. Eles tiveram um pai que passou pelo Hospital Municipal e que foi muito bem atendido. Então, além do ganho na questão financeira, a parte da humanização, do respeito deles para com o Hospital Municipal, para com a Saúde, tem de ser destacada”, disse ela.