Camiseta do Liceu – Mãe procura Polícia e diz que ossada com uniforme seria de seu filho

23 0
Do: MidiaNews
Ossada sem pés nem mãos foi encontrada no último domingo (19) em uma comunidade de Várzea Grande
O corpo encontrado (detalhe) passará por perícia antropológica forense

Uma mãe procurou informalmente a Polícia Civil para dizer que a ossada com um uniforme da Escola Liceu Cuiabano, encontrada em Várzea Grande, pode ser de seu filho desaparecido.

O corpo foi localizado na comunidade Pai André, no último domingo (19).

Conforme o Núcleo de Pessoas Desaparecidas da Polícia Civil, apesar de falar que o filho está desaparecido, a mulher não fez o registro da ocorrência de desaparecimento. Não há, portanto, detalhes oficiais sobre o rapaz.

A Polícia ainda informou que por se tratar de uma ossada, são aguardados os exames de antropologia realizados pela perícia, para fazer a comparação com as pessoas desaparecidas cadastradas no sistema.

Segundo a Polícia Civil, de janeiro até hoje, o Núcleo de Pessoas Desaparecidas registrou 84 ocorrências de adolescentes entre 12 e 17 anos que sumiram, somente em Cuiabá e Várzea Grande. Desse montante, 77 foram localizados e sete seguem desaparecidos.

Sem pés e mãos

Um detalhe chama a atenção na ocorrência é que o corpo, que estava em processo de esqueletização, não tinha pés nem mãos.

O corpo foi encontrado em uma região de mata, em uma área de chácaras.

Segundo a Politec (Perícia Oficial de Identificação Técnica), será feita a perícia antropológica forense nos restos mortais, para determinar a causa da morte.

Será feita também a coleta de informações e material biológico para a identificação técnica, que pode ser por meio de arcada dentária ou de DNA.

O Núcleo de Pessoas Desaparecidas faz parte da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que investiga o crime.