Homem é morto a tiros em lan house no centro de Rondonópolis

30 0
Por TV Centro América
Delegacia Regional de Rondonópolis investiga onda de homicídio na cidade — Foto: Polícia Civil

Um homem de 39 anos foi assassinado com pelo menos três tiros dentro de uma empresa que funcionava como lan house, no Centro de Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, nessa segunda-feira (18). José Germano Gonçalves Lima estava mexendo em um computador quando foi baleado.

A Polícia Civil informou que o suspeito do crime chegou no local em uma moto vermelha, efetuou os disparos e fugiu.

No local do crime, a Polícia Militar encontrou notas fiscais que podem estar ligadas ao jogo do bicho, no entanto, ainda não se sabe qual a motivação do crime.

De acordo com a Politec, as características do cenário do crime indicam uma execução. Capsulas da arma usada no homicídio foram apreendidas para a investigação. Até agora, ninguém foi preso.

Testemunhas contaram que José era natural de São Domingos do Maranhão, mas morava em Rondonópolis há algum tempo.

4º homicídio

Esse já é o quarto homicídio do ano em Rondonópolis. No dia oito deste mês dois homens foram executados num intervalo de nove horas.

Leandro Moraes Ferreira de 41 anos foi assassinado  — Foto: Reprodução
Leandro Moraes Ferreira de 41 anos foi assassinado — Foto: Reprodução

O primeiro homicídio foi no Bairro Granville. O empresário Leandro Moraes Ferreira foi morto com pelo menos oito tiros. No carro dele a polícia encontrou uma pistola calibre 380.

O segundo homicídio foi no Distrito Industrial. Wedson Rodrigues Feitosa, de 41 anos, foi morto dentro da caminhonete que dirigia.

Já no dia 12 do mês passado um homem de 36 anos foi assassinado a tiros quando fazia serviços de manutenção elétrica em um caminhão também no Distrito Industrial. Câmeras de segurança registraram o momento em que o atirador chegou no local. As imagens foram repassadas à delegacia da cidade.

A Polícia Civil informou que investiga a onda de violência na cidade, mas até agora não há presos em nenhum dos homicídios registrados do começo do ano até agora.