Casal é preso suspeito de torturar e expulsar o filho de 15 anos de casa em Colniza

28 0
Por g1 MT
Delegacia da Polícia Civil de Colniza investiga o caso — Foto: Polícia Civil

Um casal foi preso suspeito de torturar brutalmente e expulsar o filho de 15 anos da casa onde moram, em Colniza, a 1.022 km de Cuiabá, nessa quarta-feira (20). Os pais tiveram a prisão em flagrante convertida em preventiva

De acordo com a Polícia Civil, o exame de corpo de delito constatou diversas lesões recentes pelo corpo do adolescente.

O menino foi expulso de casa durante a noite e encontrado caminhando em direção à Vila Salvação na manhã de quarta-feira. Ele foi socorrido por um morador da região e depois acompanhado pelo Conselho Tutelar.

O caso foi encaminhado pelo Conselho à Promotoria de Justiça, que orientou a levar a vítima até a Delegacia da Polícia Civil para registro.

Segundo a polícia, após ouvir o relato do adolescente, os investigadores procuraram os pais dele e os encontraram alterados, fazendo uso de drogas.

Foi dada voz de prisão aos dois, no entanto, a mulher ficou nervosa e se recusou a fornecer a identidade à equipe, sendo necessária a imobilização.

A polícia informou ainda que os pais foram autuados em flagrante pelo crime de tortura e, durante o período em que estavam na cela da delegacia, ambos tiveram crise de abstinência química e foram encaminhados para atendimento no hospital da cidade.

Tortura

O adolescente relatou aos policiais que começou a ser agredido pelos pais em setembro do ano passado, desde que a irmã mais velha foi embora de casa, também fugindo das agressões.

Ele contou que sofreu tapas, golpes de facão e teve o rosto pressionado ao chão com os pés do pai. Já da mãe, ele foi vítima de esganadura.

A polícia disse que as lesões eram aparentes e o adolescente passou por exames periciais que confirmaram as agressões em várias partes do corpo.

O adolescente está acolhido temporariamente em um abrigo do município.