Ao menos 13 ficam feridos em ataque a tiros no metrô de Nova York

51 0
Da Folhapress
A polícia busca um homem que estava usando máscara de gás e roupa laranja de construção
Policiais em área próxima a local onde houve um tiroteiro na região do Brooklyn, em Nova York

Várias pessoas foram baleadas na plataforma de uma estação de metrô da região do Brooklyn, em Nova York, na manhã desta terça-feira (12), de acordo com autoridades locais.

Segundo os bombeiros, 13 pessoas ficaram feridas, e ao menos cinco delas foram atingidas por balas. Ainda não está claro se a cifra de feridos inclui aqueles que foram baleados.

Tanto os bombeiros quanto a polícia não deram detalhes sobre os ferimentos das vítimas, mas disseram que elas foram levadas para os hospitais NYU Langone e Metodista.

A polícia busca um homem que estava usando máscara de gás e roupa laranja de construção. O suspeito, de acordo com uma porta-voz, é um homem negro de cerca de 1,65 m de altura e 81 kg.

Agentes foram chamados para atender uma ocorrência às 8h27, no horário local (7h27 em Brasília), segundo a porta-voz da polícia. Também houve relatos de que havia fumaça na estação, mas, de acordo com a polícia, não há explosivos ativos no local. No momento, investigadores tentam determinar qual a fonte da fumaça e por qual razão os explosivos não foram detonados durante o episódio.

NY tiroteio
Segundo os bombeiros, 13 pessoas ficaram feridas, e ao menos cinco delas foram atingidas por balas

A  Autoridade Metropolitana de Transporte, que opera o metrô, disse não ter detalhes do caso.

O episódio ocorreu na estação da Rua 36, no bairro de Sunset Park. Procurado, um porta-voz do prefeito Eric Adams se recusou a comentar os primeiros relatos do caso. Pouco depois, disse que Adams está sendo atualizado da situação.

“Enquanto reunimos mais informações, pedimos aos nova-iorquinos que fiquem longe dessa área, para sua segurança e para que os socorristas possam ajudar os que precisam.”

O número de tiroteios na metrópole cresceu neste ano, e o aumento nos crimes violentos com armas tem sido o foco de Adams desde que assumiu o cargo, em janeiro.

Até 3 de abril, casos com tiros cresceram de 260 para 296 em comparação com o mesmo período do ano passado, segundo o Departamento de Polícia.

O Departamento de Polícia de Nova York alertou as pessoas para ficarem longe da área do incidente, conhecida por abrigar Chinatown e Industry City, um amplo distrito de armazéns que se tornou o lar de muitos negócios.

A região também oferece uma vista para a Estátua da Liberdade.