TV Box piratas apreendidas pela Receita Federal viram PCs para escolas públicas

286 0
Com informações do CanalTech
TV Box piratas apreendidas pela Anatel. (Imagem: Divulgação/Anatel)

O governo do Brasil divulgou que o projeto Além do Horizonte, iniciativa que converte produtos não homologados em itens de relevância social, transformou, em dezembro de 2021, 745 receptores de Tv Box retidos pela Receita Federal do Brasil (RFB) em minicomputadores entregues a escolas públicas.

A Anatel também participa do projeto, oferecendo apoio técnico para que os produtos convertidos sejam homologados no país. No caso da transformação de Tv Box em computadores, acessórios como mouse e teclados foram obtidos por meio de bens apreendidos nos depósitos da Receita Federal.

O projeto Além do Horizonte, idealizado pela Receita Federal de Minas Gerais em parceria com a Universidade Federal de Lavras (UFLA) e outras instituições de ensino superior, tem como objetivo dar destinação sustentável a receptores de sinais Tv Box apreendidos pelas ações de fiscalização realizadas pela Anatel, Receita Federal do Brasil e Agência Nacional do Cinema (Ancine).

Entendendo as TV BOX e o projeto Além do Horizonte

As Tv Box aparelhos não homologados pela Anatel, são utilizados para acesso a diferentes canais de televisão de forma pirata, com produções sendo reproduzidas sem as devidas taxas pagas aos seus detentores.

O uso do aparelho é comum no Brasil, com a Anatel constantemente emitindo alertas sobre os perigos de seu uso, como ocorreu recentemente após terem identificados ameaças virtuais dentro dos dispositivos.

Em geral, os componentes presentes em Tv Box não são dos mais poderosos disponíveis no mercado — mas servem perfeitamente para computadores educacionais, em que funções muito complexas não são exigidas.