Polícia Federal cumpre mandados contra suspeitos de atuar ilegalmente na área da segurança em MT

30 0
Por g1 MT
Polícia Federal realiza operação nesta quarta-feira — Foto: Polícia Federal

A Polícia Federal cumpre dois mandados de busca e apreensão, nesta quarta-feira (16), contra pessoas suspeitas de exercício irregular de profissão, porte ilegal de arma de fogo e ameaça. A operação ‘Pávla’ é realizada em Pontes e Lacerda e Vila Bela da Santíssima Trindade, a 483 km e 527 km de Cuiabá, respectivamente.

Os investigadores descobriram que um grupo contratado para prestar serviços de segurança privada não possuía autorização da Polícia Federal para desempenhar as atividades.

De acordo com a PF, essas pessoas trabalhavam sem possuir o treinamento devido para o exercício da profissão de vigilante.

Os suspeitos, segundo a polícia, anunciavam os serviços de segurança tática nas redes sociais, postando fotos de armas, no entanto, nenhum possuía o registro de porte de arma de fogo vigente.

“A Polícia Federal alerta para o risco na contratação de serviços de segurança privada clandestina, visto que além de não ter profissionais qualificados na prestação dos serviços, aumenta-se consideravelmente o risco de ocorrência de ações criminosas e a responsabilização criminal dos contratantes deste tipo de serviço”, diz a PF.

A PF explicou ainda que o monopólio do uso da força pertence ao estado, sendo que apenas empresas autorizadas podem exercer atividades de segurança privada, ainda que sem utilização de armas.