PF destrói maquinários e estruturas de garimpo ilegal desocupado em Operação Alfeu em MT

38 0
Por TV Centro América
Imagem aérea mostra degradação causada por garimpeiros — Foto: PF

A fase de destruição dos maquinários e estruturas que estiverem no garimpo ilegal desocupado na 5ª fase da Operação Alfeu começa nesta segunda-feira (21). Desde sábado (19) os policiais ocupam a Terra Indígena Sararé, no oeste do estado, para combater o garimpo ilegal neste território.

A quinta fase da Operação Alfeu começou no sábado, quando os agentes de segurança bloquearam todos os acessos à Terra Indígena Sararé, que fica entre os municípios de Conquista d’Oeste, Nova Lacerda e Vila Bela da Santíssima Trindade.

O objetivo é que todos os garimpeiros sejam retirados do local e ouvidos para identificar os responsáveis pela extração ilegal de ouro.

No local, a polícia encontrou cerca de 2 mil litros de combustível.

No ano passado, na fase quatro da operação, dezenas de garimpeiros foram retirados da mesma área. O maquinário encontrado estava escondido em local de difícil acesso e foi destruído.

Os responsáveis pelo garimpo vão responder por invasão de terras públicas e crimes ambientais.