Enfermeira é detida por levar bebê de paciente para casa após o parto em MT

46 0
Por g1 MT
Enfermeira levou criança para casa porque a mãe estava com medo de voltar para casa com o bebê, diz polícia — Foto: Reprodução

Uma enfermeira de 36 anos foi detida por ter ficado com o bebê de uma paciente, de 22 anos, que sofria violência doméstica em Campo Novo dos Parecis, a 403 km de Cuiabá. Ela foi ouvida pela Polícia Civil e liberada em seguida.

A prisão foi na sexta-feira (25) e o caso foi divulgado nesta terça-feira (1º).

A polícia abriu um inquérito para apurar o caso.

Segundo a polícia, a enfermeira cuidou do recém nascido porque o atual companheiro da paciente não aceitava a criança na casa, por não ser filha dele.

O Conselho Tutelar relatou à polícia que a mãe da criança se sentia ameaçada pelo marido e já tinha uma medida protetiva contra ele. A Secretaria Assistência Social do município também passou a acompanhar o caso para oferecer uma casa de apoio à mãe e ao bebê.

Mas depois do nascimento da criança, a mãe recebeu alta e foi ao Conselho Tutelar. Na ocasião, ela estava sem o filho e, a princípio, não sabia dizer ao certo onde ele estava, mas depois disse que tinha o deixado com a enfermeira.

A polícia e a equipe de conselheiras tutelares foram até a casa da profissional de saúde e encontraram indícios de que ela tinha levado a documentação da criança sem comunicar as autoridades.

A enfermeira e o marido foram encaminhados à delegacia. Agora, a criança está sob os cuidados do Conselho Tutelar.