De plantão, socorrista descobre que afilhado morreu atropelado

62 0
Do: MidiaNews
O menino saía da escolinha de futebol quando foi atropelado por motocicleta em Várzea Grande
A socorrista ficou sentada ao lado do corpo do menino

Uma socorrista do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) descobriu durante o seu plantão, na noite de quarta (9), que a vítima fatal de um atropelamento em Várzea Grande era o seu sobrinho e afilhado, de apenas 14 anos.

A socorrista realizava atendimento em outra parte da cidade e, ao descobrir que o afilhado havia sofrido o acidente, foi correndo para o local.

Outra viatura do Samu já realizava o atendimento da ocorrência, na Avenida Filinto Muller.

Segundo a Guarda Municipal, o menino saía de uma escolinha de futebol e seguia pela avenida de bicicleta com um grupo de amigos.

Durante o trajeto ele passou por outros colegas e ao tentar fazer o retorno foi atropelado por uma motocicleta que seguia no mesmo sentido que o dele. O menino foi atingido e ficou caído na via.

No momento do acidente o tempo estava chuvoso e a pista molhada e escorregadia.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado, mas apenas constatou a morte do menor.

Em imagens registradas por quem passava pelo local foi possível ver que ao longo da avenida uma pequena aglomeração se formou no local. Ao passar pela viatura do Samu, os socorristas cobriam o corpo do menino.

Em outra imagem é possível ver que o socorrista se senta ao lado do corpo do afilhado, no meio fio.

O motociclista foi socorrido e encaminhado para o Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande.

A Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito  (Deletran) investiga o caso.

Veja: