SUPERCOPA NA ARENA – Filas gigantescas e desorganização marcam venda de ingresso

110 0
Do: MidiaNews
Vendas começaram na manhã desta sexta; jogo entre Flamengo e Atlético ocorre neste domingo (20)
Torcedores se aglomeram em frente a loja Moda Verão, no Centro de Cuiabá

Centenas de cuiabanos formaram uma fila quilométrica em frente à Loja Moda Verão, no Centro de Cuiabá, para comprar os ingressos para o jogo da Supercopa entre Flamengo e Atlético, que acontece neste domingo (20).

Os ingressos começaram a ser vendidos hoje na Capital para o embate, que ocorre na Arena Pantanal.

A Reportagem esteve no local e conversou com torcedores que relatam a falta de organização e de informação. Foi anunciado que os ingressos começariam a ser vendidos a partir das 10h, porém houve atraso.

Além da Moda Verão, outros torcedores reclamaram que ficaram esperando a abertura da venda no Ginásio Aecim Tocantins, mas não conseguiram comprar, pois o local não abriu no horário previsto e nem tinha ingressos.

Foi o caso de Giovani de Souza, que relatou ao MidiaNews que estava desde o início da manhã no ginásio, mas não conseguiu comprar a entrada e precisou enfrentar a fila no Centro de Cuiabá.

“Falaram que iria ter posto de venda 10h liberado. Fui e não está liberado e não tem ninguém lá. Na verdade é um desencontro de informações e acabou complicando com essas filas”, explicou.

O torcedor contou que queria comprar online, mas o site não permitia que ele adquirisse mais de quatro ingressos e ele também precisaria pagar uma taxa. Por isso optou pela venda presencial. Apesar da enorme fila, Giovani disse que iria esperar até conseguir finalizar a compra.

Marcione Mendes, que usa cadeira de rodas, fez um vídeo para relatar o desrespeito com as pessoas portadoras de deficiência que aguardavam o início das vendas no Aecim Tocantins.

“Somos mais de 50 pessoas com deficiência aqui, além de outros que estão para comprar os ingressos e não tem ninguém, informação nenhuma, nem no site, nem pessoas para acalentar o coração do pessoal. É uma falta de respeito tremenda”.

Os torcedores que escolheram o Shopping Três Américas para tentar evitar a aglomeração também se depararam com a fila de pessoas tentando garantir seu ingresso.

 

Falta de organização

O gerente da loja Moda Verão, Gilson Lindo, afirmou que o transtorno foi consequência da falta de organização da própria CBF.

Segundo ele, a equipe da Supercopa entrou em contato apenas na quarta-feira (16) perguntando se eles gostariam de ser ponto de venda.

Por já ter experiência como ponto de venda de ingresso para diversos shows e eventos de grande porte na Capital, o gerente aceitou, mas informou que todas as lojas da rede deveriam ser capacitadas para atender o público.

“Ontem vieram colocar a máquina, não funciona, vive caindo. Há falta informação, as pessoas chegam com muitas perguntas. Não houve um cuidado com as pessoas. Graças a Deus elas estão tendo paciência, calma”, diz.

A loja está podendo vender um limite de cinco ingressos por pessoa e só recebe pagamento por dinheiro porque, segundo o gerente, com o  uso de cartões seria necessário emitir notas fiscais.

 

Veja vídeos: