Mulher morre após complicações no parto e família denuncia erro médico

54 0
Do: Olhar Direto
Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Uma mulher faleceu nesta quarta-feira (12), depois de sofrer complicações durante o parto no Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá). A família de Rafaela Maria Rosa da Cruz, 27 anos, denunciam que houve erro médico.

De acordo com boletim de ocorrência registrado pela família, Rafaela deu entrada para realização de parto na terça-feira (11) e teria tido algumas complicações durante o procedimento que teria durado cerca de 24 horas.

Ela não resistiu e faleceu nesta quarta-feira (12).

A Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionada para liberação do corpo na maternidade Rede Cegonha e investiga o caso.

Procurada, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que a criança passa bem e a família está recebendo o apoio do Poder Público Municipal até que seja apresentado os resultados dos fatos e eventuais responsabilidade, se confirmada a negligência alegada pela família.

Confira nota na íntegra:

A Prefeitura através da Secretaria Municipal de Saúde abriu procedimentos de apuração dos fatos, inclusive com todos os atendimentos realizados pela equipe médica junto a paciente que foi atendida de forma recorrente desde dezembro passado, quando a Maternidade Dr. Francisco de Lustosa Figueiredo completou 7 meses e meio de funcionamento com mais de 1.000 nascimentos.

Os fatos estão sob apuração, já que a mesma foi atendida por diversos médicos e enfermeiros.

A criança passa bem e a família está recebendo o apoio do Poder Público Municipal até que seja apresentado os resultados dos fatos e eventuais responsabilidade, se confirmada a negligência alegada pela família. 

A equipe de médicos tem 10 dias para os relatos e apontamentos, até pelo fato de haver um óbito abrir automaticamente apuração pelas autoridades policiais e judiciárias.