Jovem que teve cabeça decepada estaria pegando droga com outro traficante e teve execução filmada

87 0
Do: Olhar Direto
Foto: Reprodução

Gediano Silva, conhecido como Gegê, de 19 anos, que teve a cabeça decepada e jogada em um cruzamento da cidade de Lucas do Rio Verde (330 quilômetros de Cuiabá), teria sido morto por estar pegando droga com outro traficante que não seria conhecido de uma facção criminosa. Com requintes de crueldade, o jovem teve  a execução filmada por uma mulher.

Olhar Direto teve acesso ao vídeo atribuído a morte do rapaz que mostra os criminosos questionando a vítima sobre quem seria o fornecedor da droga que ele estaria pegando. Nas imagens, que não serão divulgadas por conter cenas fortes, uma mulher diz: “Está só cabritando aí, né”. A vítima nega.

A mulher ainda acrescenta: “Ranca logo a cabeça dele, dá os tiros”. Uma pessoa pede para atirar e a mulher afirma que é melhor matar “só na faca”, pois o disparo fará barulho. “Passa o serrotinho na cabeça dele”, acrescenta um dos bandidos.

A Polícia Civil já identificou os criminosos envolvidos no homicídio. Um foi preso nesta quinta-feira (27), em ação conjunta com a Polícia Militar. Na casa onde o criminoso foi detido, os policiais também encontraram um revólver calibre 38 e o Volkswagen Gol utilizado para transportar o corpo e cabeça da vítima.

A perícia analisou o veículo e constatou também resto de sangue e tecido humano na parte interna. Também foram encontradas drogas, balança de precisão e dinheiro da casa.

Localização da cabeça e corpo

A localização da cabeça aconteceu depois que populares encontraram uma sacola preta, ao lado de uma lixeira, por volta de 22h de terça-feira (25), em um cruzamento da avenida Roma, esquina com a avenida Goiás, no bairro Veneza. O jovem teria sido reconhecido pela própria mãe, que também esteve na via pública.

Já nesta quarta-feira (26), a PM encontrou o corpo no Rio Piranhas, distante a 15 km do centro da cidade. O local é conhecido da polícia, pois muitas vítimas de facções criminosas são executadas na região.