Combate a incêndio em silo que armazena soja já dura mais de 19 horas

11 0
Do: Olhar Direto
Foto: Reprodução

O Corpo de Bombeiros está há mais de 19 horas combatendo um incêndio em um armazém no município de Lucas do Rio Verde (a 332 km de Cuiabá). Os militares encontram dificuldade por que o fogo tem consumido a soja armazenada internamente. O silo estava cheio com 150 toneladas do grão. Equipes de cidades vizinhas foram acionadas para dar apoio.

De acordo com informações dos bombeiros, por volta das 14h de ontem (13) equipes da 13ª Companhia Independente de Bombeiros Militar foi acionada para atender uma ocorrência de incêndio em um secador de grãos, que teria se iniciado às 11h daquele dia. As equipes foram ao local e então iniciaram o combate ao fogo.

Por se tratar de um cenário bastante complexo em que se tem dificuldade de acesso e diversos riscos aos militares, às 18h, todo o efetivo de bombeiros militares de Lucas do Rio Verde foi mobilizado para a ocorrência em questão.

Desde então, as equipes elaboraram e executaram diversas estratégias para combater o incêndio, como escoamento dos grãos para isolar o material, fechamento de todos o exaustores para evitar o contato com o oxigênio, dentre outros.

No entanto, pelo fato do silo estar totalmente cheio, com cerca de 150 toneladas de soja, em uma alta caloria, o material continua queimando internamente enquanto trabalham com duas linhas de mangueiras para resfriar a soja internamente. Já foram realizadas algumas aberturas visando melhorar o acesso da água a fim de que as chamas sejam extintas.

No momento, uma guarnição da 5ª CIBM de Nova Mutum foi acionada para auxiliar nos trabalhos, bem como fazer o revezamento das equipes, visando manter o combate com efetividade e a segurança de todos os envolvidos. Até o momento, são mais de 19 horas ininterruptas de trabalho.