Capacitações trazem novas oportunidades de trabalho para moradores da região oeste

45 0
kit para os técnicos de campo da ATeG Leite

Em 2021, programas e projetos realizados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) e Sindicatos Rurais beneficiaram comunidades na Regional de Campo Novo do Parecis. As ações da instituição resultaram na qualificação e inserção no mercado de trabalho de mais de 100 jovens, acompanhamento técnico e gerencial para mais de 150 produtores rurais, atendimentos de saúde e serviços para cerca de mil pessoas em comunidades rurais e indígenas.

Além disso, cerca de 100 crianças foram atendidas pelo Programa de Equoterapia e mais de 500 com a edição do Cine Senar. A classificadora de grãos, Graciete dos Santos, foi uma das pessoas que teve a vida transformada. Ela era auxiliar de limpeza e mudou de área após um curso ofertado pelo Senar-MT e Sindicato Rural. “Eu pude absorver conhecimentos práticos e teóricos. O curso de classificação de produtos de origem vegetal foi essencial para eu mudar de profissão e hoje eu atuo nessa área”, destaca.

Segundo o supervisor da Regional, Rodrigo Garcia, há diversos trabalhos sendo executados. “Temos três projetos de equoterapia em andamento, realizamos Mutirão Rural em Campo Novo, Sapezal e Diamantino. Temos turmas de Aprendizagem Técnica em andamento e seis frentes de trabalho de ATeG em Tangará. A sétima frente será em São José do Rio Claro e terá início este mês”, afirma.

A expectativa é realizar mais de 1.500 ações educacionais na região em 2022. Além disso, estão previstos o início das obras do Centro de Treinamento (CT) de Sapezal, a conclusão do Centro de Excelência em Tangará e a abertura de três novas frentes da ATeG em outros 4 municípios.

Regionais – O Senar-MT conta com o apoio de dez Regionais, a fim de organizar a demanda e ser um elo entre a sede localizada e os Sindicatos Rurais. Cada Regional possui um supervisor que é responsável por dar suporte aos municípios e conhecer as necessidades de cada região.

A Regional de Campo Novo do Parecis é composta pelos Sindicatos Rurais de: Arenápolis, Campo Novo do Parecis, Campos de Júlio, Diamantino, Nova Marilândia, Nova Maringá, São José do Rio Claro, Sapezal e Tangará da Serra. Além dessas cidades, os Sindicatos estendem o atendimento a Alto Paraguai, Nortelândia e Nova Olímpia.

De acordo com o superintendente do Senar-MT, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, mais conhecido como Chico da Paulicéia, as Regionais são primordiais para o acompanhamento das localidades. “As Regionais são um braço do Senar-MT que nos ajudam a acompanhar cada parte desse nosso estado grandioso e cheio de particularidades”, afirma.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Senar-MT