Boi é furtado de fazenda de senador e suspeitos são presos com animal morto no porta-malas de carro em MT

45 0
Um dos suspeitos afirmou que já havia combinado a venda da carne com uma pessoa. O boi foi devolvido à fazenda de Jayme Campos para aproveitamento da carne.
Por g1 MT
Senador Jayme Campos (DEM) teve boi furtado de fazenda em MT — Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Uma cabeça de gado foi furtada da Fazenda Nova Esperança, em Cáceres (MT), que pertence ao senador Jayme Campos (Democratas), na madrugada dessa segunda-feira (8). Dois homens suspeitos do crime foram presos com o animal abatido no porta malas do carro.

O senador disse que tomou conhecimento do caso logo após o furto e registrou um boletim de ocorrência.

De acordo com a Polícia Militar, o gerente da fazenda relatou que encontrou somente a buchada de um boi da propriedade na manhã dessa segunda e acionou a Patrulha Rural.

Animal foi encontrado abatido no porta malas de carro — Foto: Polícia Militar
Animal foi encontrado abatido no porta malas de carro — Foto: Polícia Militar

Em rondas, os policiais encontraram um carro com todas as portas abertas, em uma região conhecida como assentamento Vale do Moquem. Algumas pessoas que estavam próximas ao veículo fugiram para uma área de mata ao ver a polícia se aproximando, ficando apenas o proprietário do carro.

A polícia disse que questionou o suspeito sobre o furto do boi na propriedade rural, e o suspeito respondeu que não sabia de nada e que havia comprado uma cabeça de gado na Vila Aparecida.

No porta malas, os policiais encontraram o boi abatido. As características do animal, segundo a polícia, eram as mesmas relatadas pelo gerente da fazenda.

Suspeitos foi encontrados próximos a uma casa na zona rural de Cáceres — Foto: Polícia Militar
Suspeitos foi encontrados próximos a uma casa na zona rural de Cáceres — Foto: Polícia Militar

Segundo a polícia, na varanda de uma casa próxima ao veículo, foi encontrada uma mochila com dois cartuchos cal. 28 intactos e R$ 50. Ainda durante rondas nas proximidades da casa, um segundo suspeito foi capturado.

Ele disse aos policiais que quando viu a viatura saiu correndo porque estava com duas armas de fogo. Perguntado sobre o furto, o suspeito respondeu aos policiai que já havia combinado a venda da carne com uma pessoa.

Os dois suspeitos foram detidos no local e encaminhados à delegacia. Já a carne do boi foi devolvida aos funcionários da fazenda do senador.