Referência do PlanificaSUS, Campo Verde recebe Hospital Albert Einstein e Secretaria Estadual de Saúde

231 0
De: Prefeitura Municipal de Campo Verde

A Unidade Laboratório do projeto PlanificaSUS em Campo Verde, que fica na Unidade de Saúde São Miguel, é referência entre os 19 municípios da região Sul mato-grossense que sediam o programa e, por isso, recebeu a visita da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Escritório Regional de Saúde (ERS) e do Hospital Israelita Albert Einstein nessa quinta-feira (16).

Em Campo Verde, o processo de implantação da Unidade Laboratório iniciou em julho de 2019, e desde então vem sendo destaque. Por ser referência no processo de implantação, os representantes do PlanificaSUS a nível estadual e nacional solicitaram uma visita para conhecer in loco a Unidade.

Na Unidade São Miguel, até o momento, foram efetivadas dez etapas de tutorias, além das etapas de contingência da Covid-19. Também foram realizados quatro workshops com a participação de todos os profissionais da Atenção Primária em Saúde (APS).

“A nossa Unidade Laboratório cumpre seu papel e é referência para implantação do PlanificaSUS, servindo de vitrine para as demais Unidades do munícipio e do estado. Através dessa trajetória, constata-se que a metodologia desenvolve competências, habilidades e atitudes necessárias às equipes para organizar, qualificar e integrar os processos de trabalho da APS. Ainda precisamos fortalecer ferramentas e estruturar macro e micro processos, porém enxergamos um alto potencial para novas experiências exitosas tanto na Unidade Laboratório, como nas demais unidades do município”, afirma o secretário municipal de Saúde, Luiz Artur Zimmermann Antônio.

Levantamento feito pela unidade aponta inúmeros benefícios visualizados desde o processo de implantação até a realidade atual da Unidade.

Os principais resultados alcançados foram: territorialização realizada com áreas de abrangências e microáreas revisadas, com os ajustes necessários; criação e credenciamento da segunda equipe de saúde da família (eSF), com a melhoria do acesso e equilíbrio população-equipe, de acordo com os parâmetros propostos; reforma e ampliação do espaço físico da Unidade; identificação das famílias de risco e das populações de risco, conforme condição crônica; organização de sala de vacina; reestruturação com melhoria dos fluxos e tempo de atendimento e bloco de horas implantado; diminuição das filas e horários de pico para agendamento e atendimento; estratificação da condição crônica (gestantes) com reorganização da linha de cuidado materna; implantação da agenda protegida semanal, que proporciona carga horária protegida com momentos da equipe para educação permanente, reuniões e organização das atividades na Unidade.

Visitaram a unidade: Márcio Paresque (Coordenador Nacional do projeto PlanificaSUS do Hospital Israelita Albert Einstein), Regina Paula Oliveira Amorim (Coordenadora de Gestão da Atenção Primária – Superintendência de Atenção à Saúde – Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso), Guilherme Humberto Costa Carvalho (Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso), Hugna Mayre de Oliveira (Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso) Juliane Montanha Meinberg (Escritório Regional de Saúde – Rondonópolis), Sônia Regina N. Oliveira (Escritório Regional de Saúde – Rondonópolis).