Prefeito lamenta morte do médico Luiz Gabriel Leite da Silva e decreta luto oficial de 3 dias

347 0
De: Prefeitura Municipal de Campo Verde

O prefeito de Campo Verde, Alexandre Lopes, decretou luto oficial pelos próximos 3 dias em memória ao médico e ex-vice-prefeito da cidade, Luiz Gabriel Leite da Silva.

Dr. Luiz, como era conhecido, faleceu vítima de um acidente em sua fazenda na tarde deste domingo (12), em Planalto da Serra.

Segundo informações da Polícia Civil, o acidente aconteceu na obra de construção de um silo para armazenamento de grãos, ocasião em que ocorreu o desabamento de um barranco.

Além do médico, dois funcionários, que ainda não foram identificados, também morreram.

Dr. Luiz completaria 62 anos no próximo dia 18 de outubro. Se formou em medicina na Universidade Federal do Paraná, em Curitiba, em 1988. No mesmo ano, aos 28 anos, chegou a Campo Verde, tornando-se o primeiro médico da cidade e abriu o primeiro hospital do município.

Luiz Gabriel era casado com a professora Nilza, com quem teve quatro filhos: Helbert, Luiz Gabriel, Lilian e Mirian.

“Dr. Luiz Gabriel é parte ativa da história de Campo Verde. Nosso primeiro médico, responsável pelo primeiro hospital que tivemos e também vice-prefeito por um período. É uma perda inestimável. Lamento também pelos funcionários que partiram com ele e espero que as famílias tenham força para superar este momento”, afirmou o prefeito Alexandre Lopes.

História

Luiz Gabriel Leite da Silva nasceu no município de Adamantina, Estado de São Paulo, filho do senhor Jair Leite da Silva e dona Constantina Galiego da Silva. Casado com a senhora Nilza Haruyo Nomura e é pai de Helbert Luiz Nomura da Silva, Luiz Gabriel Nomura da Silva, Lilian Nomura da Silva e Mirian Nomura da Silva.

Para conquistar seus objetivos, começou a trabalhar muito cedo. Trabalhou na roça preparando a terra para a lavoura, agricultura familiar de subsistência, para auxiliar nos proventos de casa, colhendo amendoim, algodão, sofrendo no sol escaldante no labor da terra. Meio a tantas lutas e dificuldades, dedicou-se aos estudos em um período e no outro ajudava na roça e nunca mais parou de trabalhar.

Em 1988 formou-se médico na Universidade Federal do Paraná, em Curitiba, no mesmo ano mudou-se para o município de Campo Verde – MT, onde fundou o Hospital e Maternidade Campo Verde, sendo esse o primeiro hospital da recém emancipada cidade, onde viveu até hoje.

Em 1993 foi eleito Vice-Prefeito pela Coligação “União por Campo Verde”, gestão 1993 a 1996, pelo PMDB.

Em 2004 foi agraciado com o honroso Título de Cidadão Campo-verdense. Em 2015 foi agraciado com o Certificado de HONRA AO MÉRITO pelo Governo do Estado de Mato Grosso, pelos 25 anos de serviços prestados ao Estado de Mato Grosso.

Em 2017, recebeu da Assembleia Legislativa de Mato Grosso o título de Cidadão Mato-grossense, “pela imensa contribuição como homem público, médico, produtor rural, esposo e pai, tendo contribuído para o desenvolvimento e crescimento do estado de Mato Grosso”.