Polícia Federal faz 3ª operação para desocupar garimpo ilegal de ouro em terra indígena em MT

35 0
Por G1 MT
PF deflagra a Operação Alfeu 3 para combater garimpos ilegais em terra indígenas em Mato Grosso — Foto: PF/MT

A Polícia Federal realiza nesta terça-feira (28) a terceira fase da Operação Alfeu, para combater extração ilegal de ouro na Terra Indígena Sararé, região de Pontes e Lacerda (MT). É a terceira operação na área em menos de um ano e meio.

A ação, que conta com o apoio do Ibama, da Força Nacional, do Exército Brasileiro, da Polícia Rodoviária Federal e da Funai, envolve um aproximadamente 100 servidores, com o uso de drones e imagens de satélites.

Em março deste ano, foi cumprida a determinação judicial expedida pela 2ª Vara Federalde Cáceres, para desocupar o garimpo na Terra Indígena Sararé.

No entanto através de imagens de satélite a PF constatou que a região continua a ser degradada, necessitando assim, nova intervenção policial no local.

Operação Alfeu apura extração ilegal de ouro na Terra Indígena Sararé, região de Pontes e Lacerda (MT) — Foto: PF/MT
Operação Alfeu apura extração ilegal de ouro na Terra Indígena Sararé, região de Pontes e Lacerda (MT) — Foto: PF/MT

As ações realizadas nesta terça-feira destruíram o maquinário utilizado na atividade ilegal.

As equipes também irão fiscalizar os garimpos “Babalu” e Cooper pontes.

A Polícia Federal e os demais órgãos envolvidos na operação permanecerão no local até a desarticulação completa dos garimpos para garantir o encerramento da atuação garimpeira ilegal na região.

A operação é voltada para a proteção das terras indígenas e repressão à crimes ambientais.