Casal e bebê que morreram carbonizados em acidente entre duas carretas na BR-163 são identificados

387 0

Do: Olhar Direto

Foto: Edição/OD

A família que morreu carbonizada em uma carreta na manhã desta quinta-feira (9), próximo a Nova Mutum (259 km de Cuiabá), foi identificada após trabalho da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

São eles Adriano Vitorino dos Santos, de 46 anos, Francielle Aparecida dos Reis Santos, de 31 anos, e o filho do casal Gabriel Alaf, de apenas 11 meses. Eles moravam em Campo Grande, no estado de Mato Grosso do Sul, e foram a óbito após se envolverem em um acidente entre dois veículos de carga.

De acordo com a Rota do Oeste, concessionária que administra o trecho da rodovia onde ocorreu o acidente, a colisão foi registrada na BR-163. Ambos veículos pegaram fogo com o impacto.

O motorista do outro caminhão envolvido na colisão conseguiu deixar o veículo antes das chamas o atingirem. A família, porém, não teve a mesma chance. Após o controle das chamas, os três foram encontrados carbonizados.

O aparato operacional da Rota do Oeste esteve no local e procedeu com os trâmites de liberação da rodovia. A informação inicial é de que um veículo estava carregado com papelão e o outro com milho. As causas do acidente devem ser investigadas pela Polícia Civil.

Assista o vídeo (15s):