‘Através desse pix eu vou ajudar outras pessoas’, diz entregador que teve moto guinchada pela Semob; veja vídeo

625 0
Do: Olhar Direto
Foto: Davi Valle/Secom

“Através desse pix eu vou ajudar outras pessoas, porque eu sou assim. Não deixo ninguém pra trás, eu ajudo quem eu puder ajudar”. As palavras são do entregador Rael da Silva Cisi, após ter sua moto – devolvida pela prefeitura de Cuiabá. O trabalhador teve sua ferramenta de trabalho apreendida pela Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá na tarde desta sexta-feira (10) e viralizou por ter implorado aos agentes que não retirassem sua motocicleta de sua posse.

As imagens da motocicleta apreendida foram amplamente divulgadas em redes sociais. O fato viralizou porque o vídeo registrou o desespero do entregador ao se ver diante da possibilidade de perder o veículo que utiliza para trabalhar. Em um determinado momento, ele chega a ajoelhar para implorar que a moto não fosse levada pela Semob.

Rael trabalha como entregador de aplicativo há cerca de oito meses. Ele contou que em razão da pandemia deixou de atuar como pizzaiolo e passou a exercer a nova atividade, na entrega de alimentos.

Ele contou ao Olhar Direto que sempre teve sonho de ter uma Honda 150mix, do ano de 2011. Ex-pizzaiolo, ele contou que perdeu o emprego e trabalha há oito meses como entregador, fazendo da moto e das entregas o sustento de sua família.

De bom coração, Rael promete que ajudará outras pessoas com as doações recebidas daqueles que se sensibilizaram com o caso. “Eu tento abraçar o mundo com as pernas, mas não consigo. Mas eu ajudo quem eu posso ajudar”, disse.

“Estacionei a moto como sempre faço para a retirada de um lanche. Eu trabalho para uber eats. Em menos de dez minutos a moto estava em cima do caminhão”, disse Rael à reportagem.