Polícia Civil deflagra operação para prender 13 membros de organização criminosa especializada em roubo de veículos

223 0
Do: Olhar Direto
Foto: Assessoria

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (DERFVA), deflagrou, na manhã desta sexta-feira (20), a ‘Operação Imperial’, com objetivo de cumprir 55 ordens judiciais contra uma organização criminosa estruturada para prática de crimes de roubo e adulteração de veículos.

O grupo também atua em outros crimes correlatos como tráfico de drogas na modalidade escambo  (troca de veículos, objetos de roubo/furto por entorpecentes), receptação, uso de documentos falsos, falsidade ideológica, estelionato, lavagem de capitais e outros.

As ordens judiciais foram expedidas pela 7ª Vara Criminal de Cuiabá, sendo 13 mandados de prisão temporária, 42 mandados de busca e apreensão, bloqueios de valores e medidas diversas de prisão.

A operação conta com 120 policiais e as ordens judiciais são cumpridas nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Cáceres, Porto Espiridião, Tangará da Serra, Campo Novo dos Parecis.

Segundo as investigações,  o grupo teve o envolvimento identificado em pelo menos 25 ocorrências. Na maioria dos casos investigados, as vítimas escolhidas são mulheres.

Participam da operação equipes da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), Gerência de Operações Especiais (GOE), Delegacia Especial de Fronteira (Defron), Delegacia Fazendária (Defaz), Delegacia e Núcleo de Inteligência de Tangará da Serra e  policais da Diretoria Metropolitana (Derf Cuiabá, DHPP, Deddica DEA, Regional de Várzea Grande, Delegacia de Estelionato. Delegacia de Santo Antonio e Delegacia de Chapada dos Guimarães).