MT deve ter chuvas significativas somente em outubro, alerta especialista

102 0
Por Ianara Garcia, TV Centro América
Período de estiagem permanece em MT — Foto: JN

A regularização das chuvas esse ano em Mato Grosso deve ocorrer no final de setembro e no decorrer de outubro, segundo o climatologista Celso Oliveira, do Climatempo.

Ele ressalta que ainda falta pelo menos um mês de estiagem e que as primeiras chuvas, que são registradas de forma isolada, não vão resolver o problema da seca no estado.

Segundo o climatologista, para a solução do problema, que se agrava a cada ano, o ideal é que o desmatamento diminuísse.

“É a mesma coisa que a gente matar a galinha dos ovos de ouro, ou seja, ao avançar sobre a Amazônia, a gente está fazendo com que ela, que é responsável justamente por trazer a umidade, tenha menos vapor d’água à disposição e isso atrasa cada vez mais a regularização das chuvas sobre o Centro-Oeste”, disse ele.

Em dezembro do ano passado, dados divulgados pelo Instituto Centro de Vida (ICV) apontaram que Mato Grosso foi o segundo estado que mais desmatou a Amazônia Legal em 2020 e 88% do desmatamento aconteceu de forma ilegal, sem autorização dos órgãos ambientais. O levantamento foi feito com base em dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Foram mais de 1.700 km² de florestas devastadas neste ano em Mato Grosso, o correspondente a 16% do total desmatado no bioma nesse período. Essa foi a maior devastação registrada no estado nos últimos 12 anos.

A Amazônia Legal é composta por 9 estados que fazem parte da bacia Amazônica, a maior bacia hidrográfica do mundo, e corresponde a mais da metade de todo o território brasileiro.