Fomento à Cultura: Escolinhas de teatro de Campo Verde são destaque no XIV Festival Velha Joana

134 0
De: Prefeitura Municipal de Campo Verde

O teatro de Campo Verde está reconquistando seu espaço no cenário nacional. Nesse final de semana, participou do XIV Festival Velha Joana, em Primavera do Leste, que contou com peças nacionais e internacionais no repertório. Foram prestigiadas as peças “Nem tudo que cai na rede é peixe” e também a “Confeitar – Receita de bolo de chocolate para quem não gosta de chocolate”, dos grupos Metamorfose e Gambiarra, respectivamente.

O Festival Velha Joana leva este nome em homenagem a primeira moradora de Primavera do Leste e está consolidado como uma das iniciativas em valorização à cena teatral brasileira.

Esse ano, por conta da pandemia do novo coronavírus, foi feito na modalidade híbrida, com 90% das participações em plataforma online. Apenas sete espetáculos puderam se apresentar presencialmente, sendo quatro peças de Primavera, duas de Campo Verde e uma de Goiânia.

“As duas peças de Campo Verde abordam temáticas muito importantes: um sobre a internet, sobre a política do cancelamento. O outro sobre violência doméstica. Temas muito atuais e que foram muito apreciados e bem vistos na grade do festival, além de muito elogiados, levando a cultura de Campo Verde além das quatro linhas do município, resgatando a tradição que Campo Verde sempre teve no teatro”, afirma Charles Pierre, supervisor de Cultura da Secretaria Municipal de Cultura, Lazer e Esportes.

Charles e o produtor Lukas Layon, professor das escolinhas de teatro de Campo Verde, ainda participaram do debate “Conversas do Mato”, com a temática “Teatro que pulsa do interior do MT”.

“Foi um debate muito importante, debatendo políticas públicas sobre fomento ao teatro no Estado”, explica Charles Pierre.

As apresentações online seguem sendo transmitidas pelo canal do YouTube: XIV Festival Velha Joana 2021, até esta segunda-feira (30.08). Fazem parte das atrações virtuais espetáculos de companhias de teatro mato-grossenses e de outros estados.

Além de teatro, dança e oficinas, o evento contempla ainda um espaço voltado para debates, o “Chá com a Velha”. Durante os encontros em formato online, os grupos participantes discutem os processos cênicos apresentados no Festival, seus disparadores criativos, realizando assim um panorama das produções teatrais em tempos de pandemia.

Selecionado no edital Circuito Mostras e Festivais da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), o XIV Festival Velha Joana é uma realização da Associação Cultural Teatro Faces e Ponto Faces de Cultura.