“Eu considero que foi Deus”, diz homem que sobreviveu após ser atropelado 2 vezes seguidas em avenida

113 0

Do: Olhar Direto

Foto: Reprodução

O pedreiro José Luiz Machado Moraes, de 44 anos, que em poucos minutos foi atropelado duas vezes em uma avenida no município de Pontes e Lacerda na segunda-feira (9) sobreviveu com alguns hematomas, mas sem ferimentos graves. Ele não lembra de detalhes sobre o acidente, mas afirma que foi salvo por Deus.

O acidente ocorreu por volta das 18h42 da última segunda-feira (9) no cruzamento da Rua Luiz Carlos Soares com a Avenida Marechal Rondon, na região do Bairro Jardim Bela Vista II. José Luiz andava de bicicleta e colidiu com uma camionete, sendo que poucos minutos depois foi atropelado por outro carro. Ele sobreviveu sem ferimentos graves.

O pedreiro deu uma entrevista à TV Guaporeí, afiliada da TV Record em Pontes e Lacerda. Ele afirmou que se recupera bem, apesar das escoriações, no entanto, está impossibilitado de trabalhar. Ele tem dependido da ajuda de familiares. José Luiz afirma que Deus o salvou.

“É sorte, eu considero que foi Deus. No momento eu não vi nada, mas depois que eu vi o vídeo, aí eu tive que lembrar de Deus na hora, porque [na hora] bateu e eu não vi mais nada, fiquei desacordado”, disse o ciclista.

José disse que estava retornando para casa, após ter ido à casa de um colega buscar uma roupa, quando foi atropelado. Ele afirmou que não conhece nenhum dos dois motoristas, mas que sua mulher foi procurada. José Luiz está com hematomas na cabeça (rosto) e também na cintura.