MP pede suspensão da vacinação de pessoas de 18 a 49 anos em Cuiabá

480 0
Por G1 MT
Ministério Público Estadual de Mato Grosso pediu suspensão da vacinação do grupo de 18 a 49 anos em Cuiabá — Foto: MPE-MT

O Ministério Público de Mato Grosso pediu entrou com uma ação na Justiça, nessa sexta-feira (9), pedindo a suspensão do agendamento e vacinação contra a Covid-19 de pessoas com idades entre 18 a 49 anos sem comorbidades, em Cuiabá. A medida também se estende para outros municípios que tenham iniciado a mesma etapa de imunização.

Ainda nesta semana, a efensoria Pública de Mato Grosso e da União pediram que a Prefeitura de Cuiabá respeite o critério de ordem decrescente de idades para a vacinação contra a Covid-19. Além disso, os promotores pediram para o município apresentar estudos técnicos que, racionalmente, embasam a decisão.

Já o MP-MT pediu à Justiça uma medida liminar para garantir a adequação administrativa dos perfis de pessoas de acordo com a definição do Plano Nacional de Imunização.

Também em pedido liminar, foi solicitado que a Prefeitura de Cuiabá edite atos administrativos de divisão da categoria “18 a 49 anos” em diferentes faixas etárias, permitindo o agendamento dos mais jovens à medida que for completando a imunização dos mais velhos.

Vacinação em Cuiabá

Cuiabá abriu o cadastro para a vacinação de pessoas com idade a partir de 18 anos no dia 29 de junho. A intenção, segundo a prefeitura, é utilizar as doses das pessoas que agendam e não comparecem aos postos de vacinação.

No entanto, desde então, muitos moradores têm reclamado da demora para o agendamento, após o cadastro no site. Alguns afirmam que têm mais de 50 anos e ainda não foram chamados, e que outros, com idades abaixo, já se vacinaram.