Morre mulher espancada com marreta pelo marido na frente dos filhos

132 0
Do: Olhar Direto
Foto: Visão Notícias

Faleceu nesta terça-feira (13), na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional, Francinete Silva dos Santos, 32 anos, após ser espancada com uma marreta pelo marido, Georileis Cardoso da Silva, 54 anos, que ainda cavou uma cova nos fundos da residência do casal, no bairro Montreal Park, em Sinop (498 km de Cuiabá), onde seria enterrado o corpo da vítima.

De acordo com informações da Polícia Militar, os agentes da corporação foram acionados por volta de 00h21 deste sábado (10) para atender uma tentativa de homicídio. Em posse do pedido, os militares imediatamente se deslocaram até o endereço.

No local, os policiais encontraram a mulher caída no chão, gravemente ferida e inconsciente, com uma corda enrolada nos braços. Uma equipe do Corpo de Bombeiros, então, foi solicitada para realizar o atendimento de primeiros socorros da vítima.

Aos agentes, vizinhos disseram que o suspeito fugiu quando percebeu a aproximação da polícia. No interior da casa, havia sangue por várias partes dos cômodos, onde também foi encontrada uma marreta suja de sangue ao lado de uma poça, também suja de sangue.

Na parte de trás da residência, foi encontrado ainda a escavação de um buraco de aproximadamente 0,8 metros de largura, 1,2 metros de comprimento e 0,6 metros de profundidade. A cova, segundo os vizinhos, possivelmente, seria utilizada para enterrar o corpo da vítima.

Próximo ao buraco foram encontrados sangue e cabelo, o que denota crueldade e frieza do suspeito na violência praticada contra a vítima. Durante as agressões, a mulher lutava contra o suspeito para continuar viva, chegando a fugir para o portão da casa, onde continuou sendo atingida com golpes de marreta até a chegada dos militares.

O episódio foi assistido pelos filhos de Francinete, que estavam dentro da casa, uma delas com problemas mentais e outra de aproximadamente 7 anos de idade. Diante dos fatos, uma equipe do Conselho Tutelar de Plantão esteve no local e acolheu as crianças.

O suspeito segue foragido.

(Com Visão Notícias)